Senar capacita diversos detentos do presídio Barra da Grota em Araguaína

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O curso é ofertado aos reeducando do presídio Barra da Grota

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Tocantins (Senar-TO) está realizando o curso de olericultura para detentos do presídio Barra da Grota, no município de Araguaína, no norte do Tocantins. A qualificação teve início no dia 23 de abril e finaliza nesta quinta-feira (26). As vagas foram disponibilizadas para os presos que tenham bom comportamento comprovado pela unidade prisional.

O objetivo principal da capacitação é transformar o tempo ocioso dos internos em uma oportunidade de recomeçar a vida em sociedade depois do cumprimento da pena de cada um. O curso será realizado integralmente dentro da unidade penal. A carga horária é de 40 horas/aula, divididas em aulas teorias práticas. A ação é desenvolvida pelo Senar Tocantins em parceria com o Sindicato Rural de Araguaína.

Para o presidente do Faet/Senar, Paulo Carneiro, levar qualificação e capacitação para pessoas privadas de liberdade é fundamental para o resgate da cidadania e reintegração social, além de abrir oportunidades para inclusão no mercado de trabalho.

“O compromisso do Senar é atender aquela parcela da população que tem mais necessidade de inclusão e acesso, e esse é o caso dos encarcerados, que encontram em projetos como esse a oportunidade de conquistarem um lugar no mercado de trabalho quando saírem do sistema prisional. É uma satisfação de ver que essa parceria está frutificando, e que hoje muitos detentos que passaram por esses cursos se tornaram empreenderdes quando ganharam a liberdade”, comenta o presidente.

Comentários pelo Facebook: