Projeto aprovado

Câmara reconhece celebração religiosa como essencial durante pandemia em Araguaína

O projeto é da autoria do presidente da Câmara, vereador Gipão.

Por Redação
Comentários (0)

26/06/2020 18h20 - Atualizado há 1 mês
Sessão na Câmara de Araguaína

A Câmara Municipal aprovou o projeto de lei n° 023/2020 que reconhece as celebrações religiosas como atividade essencial à população de Araguaína durante a pandemia do coronavírus.

O projeto de autoria do presidente da Casa, vereador Gipão, institui o caráter de essencialidade às celebrações religiosas mesmo em tempos de crises ocasionadas por moléstias contagiosas ou catástrofes naturais, situações de calamidade pública, de emergência, de epidemia ou de pandemia.

"As pessoas precisam da liberdade de cultuar e receber orientações de seus líderes religiosos, mesmo em tempos de crise como a que estamos vivendo, porque assim elas se fortalecem mentalmente e espiritualmente. É uma questão de saúde pública, uma vez que a autoestima e a fé reavivada, por meio de uma mensagem espiritual, a gente se sente mais encorajado a enfrentar os problemas do dia a dia", explicou Gipão.

Aprovado em três sessões, conforme prevê o trâmite regimental, o projeto agora segue para sanção ou veto do prefeito Ronaldo Dimas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.