Discurso quente

Campelo chama Amastha de 'bandido, prefeito alienígena' e declara apoio a Dimas

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

04/12/2017 14h50 - Atualizado há 1 mês
O lançamento da pré-candidatura de Ronaldo Dimas (PR) ao Governo do Estado, na manhã desta segunda-feira (4), em Araguaína, foi marcado por elogios à sua gestão e críticas ao também pré-candidato ao Palácio Araguaia, o gestor de Palmas Carlos Amastha (PSB). No evento, o vereador palmense Lúcio Campelo não economizou em críticas à gestão da Capital, referindo-se a Amastha como 'bandido' e 'prefeito alienígena'. "O colombiano é o grande adversário hoje. Brasileiro que vota em colombiano para mim é um zero à esquerda. Se não tiver compromisso com sua pátria, com seu município, vai ter compromisso com quem? Um bandido que vem para a política desse Estado chamando cidadãos de bem de vagabundos. Infeliz do brasileiro que falar que vai apoiar um bandido como esse para governador", disparou Campelo. Em seguida, o vereador comparou os orçamentos de Palmas e de Araguaína, bem como as respectivas obras realizadas pelos dois gestores. "Raul Filho, ex-prefeito de Palmas, trabalhou com um orçamento de 1,4 bilhões. Dimas, R$ 1,2 bilhão durante toda sua gestão até agora. [No mesmo período] Palmas teve R$ 5 bilhões, mas não tem nenhuma obra. Incapaz de fazer comparação entre as gestões de Palmas e Araguaína", disse Lúcio Campelo. O vereador disse também ser 'testemunha viva' de sete quadras da capital que foram asfaltadas através do trabalho de Ronaldo Dimas, como secretário de Estado das Cidades. "O melhor candidato vem através de exemplos e prática de gestão. Ou o brasileiro muda de concepção política, ou o Brasil vai acabar Dimas, em qualquer situação, estou com você!", finalizou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.