No norte do estado

Crianças sem aula e estradas precárias: veja cobranças de Marcus Marcelo em 2 meses de mandato

Deputado solicita melhorias e ponte em trechos das TO-430 e 126.

Por Redação 1.062
Comentários (0)

04/04/2023 11h19 - Atualizado há 1 ano
Situação da ponte em Arapoema.

A falta de infraestrutura nas rodovias do Tocantins foi pauta de 11 requerimentos do deputado Marcus Marcelo nos meses de fevereiro e março. Entre os pedidos em caráter de urgência, está a construção de uma ponte sobre o Rio Jenipapo e a pavimentação da TO-430, em Arapoema, no norte do Estado, onde dezenas de crianças estão sem aula devido à falta de infraestrutura da rodovia.

O deputado também solicitou a pavimentação da TO-126, no trecho em que liga os municípios de Tocantinópolis e Maurilândia do Tocantins. Na região, 24 comunidades indígenas do Povo Apinajé estão com os atendimentos de saúde prejudicados.

“É minha preocupação. Não temos que olhar a infraestrutura só como obra, mas como pessoas que precisam sair de suas casas com segurança e terem acesso a atendimentos como de saúde e educação assegurados”, citou o deputado.

Mais de 15 dias sem aula

Além do Requerimento nº 472 apresentado em caráter de urgência, o deputado também enviou ofício à Agência de Transportes, Obras e Infraestrutura do Tocantins (Ageto) no último dia 29. “As crianças que moram no Povoado Zé Preto em Arapoema não têm tido acesso à escola a cerca de duas semanas”, traz o documento.

O requerimento ainda solicita o patrolamento e cascalhamento no trecho onde fica a ponte, em que liga o entroncamento da TO-230 ao entroncamento da TO-164, totalizando 17 km. Além de rota escolar, a via é utilizada para o transporte de pacientes do município de Bernardo Sayão para o Hospital e Maternidade Irmã Rita, em Arapoema.

Outros seis requerimentos pedem infraestrutura em mais de 100 km nas rodovias TO-164 (nº 469 e 476), TO-165 (nº 470), TO-166 (nº 473), TO-429 (nº 474), TO-433 (nº 477) e TO-230 (nº 475), todas na região norte.  As rotas em péssimas condições de trafegabilidade são utilizadas para transporte escolar e escoamento da produção local.

Atendimento de saúde

O Requerimento nº 384, que solicita a pavimentação da TO-126, em Tocantinópolis, aponta que o trecho de  35 km é utilizado tanto para o escoamento da produção quanto para o atendimento de saúde das comunidades das aldeias indígenas do Povo Apinajé: Formigas, Cipozal, Jussaral, Bacuri, Águas Lindas, Recanto, São Raimundo, Mariazinha, Riachinho, Brejão, Serra Dourada, Girassol, Bonito, Macaúba, Encontro das Águas, Morro Grande, Olho D’Água, Botica, Mata Grande, Aldeia Nova, Recanto da Natureza, Pecobo, Guerreiro, Barra do Dia.

Já aprovados

Entre os requerimentos do deputado Marcus Marcelo já aprovados está a recuperação de 30 km de asfalto da TO-427 (nº 167), que fica em uma região produtora de abacaxi e soja no Município de Pau D’Arco, a 196 km de Araguaína.

O deputado também teve aprovação em dois requerimentos solicitando mais segurança em outras duas estradas estaduais: TO-222, ligando Araguaína ao Distrito de Novo Horizonte com construção de ciclovia (nº 108); TO-423, que liga Araguaína ao Povoado Mato Verde (nº 109).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.