TRAIÇÃO

Deputados que arrancaram R$ 45 milhões de Araguaína tiveram mais de três mil votos na cidade

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

15/09/2017 17h30 - Atualizado há 1 semana
Agnaldo Araujo//AF Notícias A população de Araguaína promete não esquecer o nome dos deputados estaduais que arrancaram os R$ 45 milhões da cidade para a duplicação da TO-222. Uma imagem contendo os 13 parlamentares que foram favoráveis à retirada da verba circula nas redes sociais e já possui diversos compartilhamentos entre os eleitores. Um levantamento feito com base nas eleições de 2014 mostra que os 13 parlamentares que ficaram contra os R$ 86 milhões para a duplicação da rodovia tiveram mais de 3,2 mil votos na cidade. Resta saber se em 2018 o eleitor ainda confiará nos mesmos nomes. Inclusive, alguns deputados que não são de Araguaína e que mais receberam votos na segunda maior cidade do Estado contrariaram seus eleitores. Um exemplo é o deputado Osires Damaso (PSC). Mas, o parlamentar não se preocupou com esse detalhe, pois ele optou por mandar a caravana da cidade se contentar com os R$ 41 milhões e ainda jogou beijos aos araguainenses presentes na votação. Outro que não se preocupou muito com os votos de Araguaína foi Vilmar de Oliveira (SD). Ele mandou os eleitores de Araguaína se unirem e votar contra ele. O deputado voltou atrás na afirmação e disse que tem muito respeito pela cidade, mas seu voto foi contra a obra. José Bonifácio (PR), Eli Borges (PROS) e José Augusto (PMDB) também tiveram expressiva votação em Araguaína e não permitiram a destinação dos R$ 86 milhões para a cidade. Os demais deputados que votaram contra a obra foram: Alan Barbiero (PSB), Cleiton Cardoso (PSL), Eduardo do Dertins (PPS), Toinho Andrade (PSD), Wanderlei Barbosa (SD), Junior Evangelista (PSC), Mauro Carlesse (PHS) e Zé Roberto (PT).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.