Sem propostas

Encontro do PMDB em Araguaína exalta o passado, mas esquece o presente e o futuro

Por Redação AF
Comentários (0)

20/10/2017 17h45 - Atualizado há 2 meses
O Partido do Movimento Democrático do Brasil (PMDB) realizou nesta sexta-feira (19), em Araguaína, seu Encontro Regional com a presença dos mais importantes líderes políticos da sigla. Participaram do evento o presidente estadual do partido, Derval de Paiva, o governador Marcelo Miranda, deputados, vereadores, militantes e filiados. O encontro, promovido pela Fundação Ulisses Guimarães, era para discutir propostas e avanços do PMDB, como a  criação do Diretório Municipal, além de debater o presente e o futuro do maior partido do País. Mas o que se viu foi um verdadeiro festival de discursos carregados de saudosismo e de um orgulho exagerado sobre a história política do PMDB. Os discursos inflamados ignoraram os recentes casos de corrupção envolvendo a cúpula nacional do partido, mas sobraram elogios ao PMDB do passado, quando era comandado pelo então deputado Ulisses Guimarães. Já o ex-prefeito de Araguaína Paulo Sidnei culpou a imprensa pelo desgaste dos partidos políticos junto à opinião pública, especialmente o PMDB.  Ele que também é ex-vice-governador disse ainda que a saída para a crise do país só acontecerá por meio da política, e conclamou a todos os partidos para um pacto de união. O governador Marcelo Miranda também teceu vários elogios ao presidente da República, Michel Temer, por estar recuperando a economia do país. O presidente, contudo, foi denunciado pela segunda vez e acusado de liderar o 'quadrilhão' do PMDB. Temer amarga ainda um dos piores índices de desaprovação popular a um presidente da República em toda a história do País.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.