Parlamento municipal

Fraudneis critica abandono dos loteamentos Lago Sul e Construindo Sonhos, em Araguaína

O parlamentar solicitou que o assunto seja debatido na Câmara em sessão especial.

Por Redação
Comentários (0)

04/03/2021 16h06 - Atualizado há 1 mês
Vereador Fraudneis Fiomare (PSC) disse que os bairros estão completamente abandonados

O vereador Fraudneis Fiomare (PSC) soliticou duas sessões especiais na Câmara de Araguaína para discutir a situação de abandono de alguns loteamentos, citando o caso do Lago Sul e do Construindo Sonhos.

O parlamentar disse que recebeu diversas denúncias que os bairros estão com as ruas esburracadas, cheio de mato, falta de manutenção na iluminação entre outros problemas estruturais.

De acordo com a construtora responsável, o loteamento Lago Sul foi entregue para a prefeitura em 2013, mas só em 2018 que a prefeitura deu uma devolutiva afirmando que não estava de acordo em receber o bairro na situação atual. Em resposta a esta decisão, a construtora rebateu com o seguinte: "se a prefeitura não responde de imeditado, entendemos que o bairro foi entregue. Por falta de manutenção em cinco anos, é comum as benfeitorias que o bairro recebeu já estarem precisando de reforma".

O setor Construindo Sonhos é a mesma situação. O bairro está abandonado pela Prefeitura e pela Caixa Econômica Federal. A gestão municipal afirma que não recebeu o bairro e a Caixa garante que entregou. 

“Precisamos resolver isso. Muitas famílias já se mudaram do bairro por falta de cuidado do poder público, mas ainda temos cerca de 416 famílias que precisam de estrutura para morar com dignidade”, debateu o Fraudneis.

“Não podemos ficar de braços cruzados, precisamos agir e encontrar uma solução”, debateu o parlamentar. De acordo com o Fraudneis, o melhor forma de resolver isso é colocando a Prefeitura, representantes das construtoras, Caixa e moradores frente a frente e buscar soluções em conjunto.

Diante da situação dos bairros, Fraudneis Fiomare propõe suspender os pagamentos de taxas de iluminação pública, taxa do lixo, IPTU e as parcelas do loteamento até que os envolvidos assumam suas responsabilidades e entrem em acordo.

O parlamentar apresentou dois requerimentos solicitando duas sessões na Câmara de Vereadores para discutir a situação dos dois setores. “Os bairros estão completamente abandonados e alguém tem que assumir essa responsabilide”, criticou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.