Na Assembleia Legislativa

Marcus Marcelo defende climatização e energia solar nas escolas do Tocantins: 'não é luxo', diz

Deputado é o presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.

Por Redação
Comentários (0)

16/06/2023 14h40 - Atualizado há 11 meses
Deputado Marcus Marcelo

O Estado do Tocantins é conhecido por ser uma região onde o calor é muito intenso, portanto o uso de climatizadores se torna necessário e não é um item de luxo. Foi com essa afirmação que o deputado estadual Marcus Marcelo (PL) apresentou dois requerimentos para que sejam implantados nas escolas estaduais do Tocantins energia solar e ar-condicionado nas salas de aula. 

“Um requerimento que complementa o outro. É indispensável o uso do ar-condicionado nas salas de aula, pois o próprio rendimento dos alunos é afetado, visto que a maioria das salas de aulas é cheia, aumentando ainda mais o calor, e em razão disso a climatização é um mecanismo, inclusive, de melhoria do aprendizado”, citou Marcus Marcelo. 

O deputado ainda falou da alta temperatura da região e que a energia solar diminuirá o impacto financeiro das faturas nas escolas. “A região em que vivemos é muito quente e, por isso, precisamos de climatização nas escolas, automaticamente vem o impacto financeiro na fatura de energia, e por isso, é essencial a instalação de energia renovável, a fim de baratear o custo”, disse.

Energia renovável

Segundo Marcus Marcelo, o uso da energia solar é um caminho também para a sustentabilidade. “É preciso usar fontes renováveis de energia, que é o futuro para termos uma energia mais limpa e sem grandes impactos ambientais na sua geração”, afirmou.

Saúde e ensino

Os requerimentos ainda apontam que o calor extremo afeta a concentração. “Além de afetar a saúde, o extremo calor afeta a capacidade de aprendizagem dos estudantes e a concentração dos professores, isso porque a constância do clima quente causa irritabilidade e impaciência, fatores que atrapalham o desenvolvimento dos estudos”, frisou.  

As duas propostas, apresentadas em caráter de urgência, ainda estão aguardando aprovação dos deputados para que sejam encaminhadas para o governador Wanderlei Barbosa, com cópia à Secretaria de Estado da Educação.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.