GMA

Na Câmara, guardas municipais de Araguaína pedem aumento do efetivo e plano de carreira

Foram discutidas estratégias para a valorização da categoria.

Por Redação 610
Comentários (0)

05/05/2022 15h05 - Atualizado há 1 mês
Guardas Municipais discutiram melhorias para a categoria

O plenário da Câmara de Vereadores de Araguaína recebeu representantes da Guarda Municipal (GMA), que reivindicaram melhorias para a categoria durante discurso na Tribuna Livre, na manhã desta segunda-feira (2/5).

Na ocasião, foram discutidas estratégias para a valorização da guarda, a necessidade de mais efetivo para o atendimento das demandas da sociedade e a elaboração dp plano de carreira (PCCR), uma peça fundamental para que a valorização, estruturação e autonomia da Guarda Municipal.

“Uma instituição é forte quando é valorizada. Precisamos discutir estratégias. Um ponto importante é o efetivo que precisa ser aumentado. A demanda de Araguaína é grande. Também queremos uma atenção especial ao Plano de Carreira, pois no ponto financeiro vai ajudar a guarda a ser uma instituição mais autônoma”,

Os parlamentares se comprometeram a buscar as melhorias necessárias para o fortalecimento da Guarda, junto ao Poder Executivo.

O guarda municipal Odilon Dias Rodrigues se recordou da recente perda do colega de trabalho, Luciano Pereira Cardoso, 33 anos, que foi morto após ter a casa invadida por três criminosos durante a madrugada do dia 22 de abril.

"Perdemos o irmão Cardoso, um homem de coração gigantesco, que apelidamos como o pai da turma. Infelizmente, a casa dele foi invadida e tenho certeza que no momento veio na cabeça dele que teria que proteger sua família. Viemos discutir soluções, nosso irmão faleceu sem poder se proteger e o sistema falhou", disse.

O presidente da Casa, vereador Gideon Soares, destacou a importância dos serviços prestados pela Guarda Municipal de Araguaína e a necessidade de valorização desses profissionais. “A Câmara estará sempre de portas abertas para receber as demandas e buscar as melhorias requeridas para os profissionais”.

Para utilizar a Tribuna Livre, o cidadão deve seguir o procedimento descrito no Regimento Interno da Casa, precisamente o artigo 196, que exige, entre outros, prévia inscrição na Secretaria da Câmara.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.