Combate clandestino

Seis pessoas são presas e multadas em quase R$ 100 mil por promover rinha de galo em chácara

Batalhão Ambiental recebeu denúncia sobre a rinha na zona rural de Porto Nacional.

Por Redação
Comentários (0)

22/04/2024 08h44 - Atualizado há 3 semanas
Flagrante no local onde acontecia rinha de galo na zona rural de Porto Naiconal.

Notícias do Tocantins -  Seis pessoas foram presas em flagrante numa chácara em Porto Nacional (TO) por envolvimento com rinhas de galo, neste domingo (21/4). A polícia encontrou 33 galos no local.

O Batalhão da Polícia Militar Ambiental (BPMA) chegou até o evento clandestino após uma denúncia anônima. Segundo o BPMA, os 33 galos apreendidos estavam com sinais de maus-tratos por causa dos combates a que foram submetidos.

As rinhas de galo são proibidas por lei em todo o território nacional. Os suspeitos foram multados em R$ 99 mil. A Polícia Científica foi acionada para realizar perícia e o grupo levado para a Delegacia de Polícia Civil, onde todos os envolvidos foram autuados em flagrante.

Local onde ficavam os galos.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.