Resposta

'Sou negro! Nunca tive e nunca terei vergonha disso', diz Soldado Alcivan ao lamentar racismo

Parlamentar revida atitude do novo presidente da Câmara de Araguaína.

Por Conteúdo AF Notícias 2.953
Comentários (0)

21/06/2022 15h31 - Atualizado há 4 dias
Soldado Alcivan não viu maldade no colega parlamentar.

Após o polêmico comentário do presidente eleito da Câmara Municipal de Araguaína, vereador Marcos Duarte (Solidariedade), que referiu-se ao também vereador Soldado Alcivan como um "negro de alma branca" ao fazer um elogio, o parlamentar vítima da ofensa divulgou nota de esclarecimento a respeito do fato. 

Alcivan afirma categoricamente que nunca teve e nunca terá vergonha de ser negro, e lamenta o racismo estrutural existente na sociedade, que acaba normalizando este tipo de situação, atitudes preconceituosas disfarçadas de brincadeiras.

Porém, o vereador ressalta que não viu maldade na fala do presidente eleito, “mas talvez desconhecimento de sua parte do que seja o racismo estrutural''.

A NOTA

Ontem foi um dia festivo. E com muito orgulho fui eleito como primeiro secretário da mesa diretora. Mas infelizmente, um episódio lamentável roubou a cena. Falo das palavras, com as quais o nobre colega vereador Marcos Duarte se dirigiu a minha pessoa. Que mesmo em tom amistoso, se caracterizou como uma prática preconceituosa”, diz o vereador Soldado Alcivan.

De acordo com o parlamentar, a naturalização dessas ações, hábitos, situações, falas e pensamentos, “infelizmente fazem parte do nosso cotidiano, que promovem direta ou indiretamente o preconceito racial”. 

Isso é o que chamamos de racismos estrutural. No qual hoje, em nossa sociedade, está meio que normalizado, frases e atitudes de cunho racista e preconceituosa, que muitas vezes surgem como uma forma de piada ou às vezes até como uma forma de elogio, que acaba nos colocando em situações degradantes”, afirmou Soldado Alcivan.

HERANÇA ESCRAVISTA

O vereador cita que o Brasil tem uma herança escravista que legitimou de forma equivocada essa maneira de tratar os negros como cidadãos de segunda classe, ou raça inferior. “E isso se incorporou em nossa cultura”, completou.

Assim, expressões como: Negro de alma branca; serviço de preto ou negro bom, dentre outras tantas, foram incorporadas em nossa cultura com o objetivo claro de reduzir ou diminuir o Negro e sua importância social”, explicou o vereador.

Ressaltou ainda que o racismo não se caracteriza somente com o ato, mas também através do pensamento, das palavras e pode se esconder até mesmo por trás das aparentes boas condutas.

E por fim, digo com todo orgulho. Sou negro! Nunca tive e nunca terei vergonha disso. E tenho plena consciência que não sou diferente de ninguém por causa da cor da minha pele”, afirmou o vereador.

Alcivan diz ainda que o racismo deve ser combatido em todos os aspectos, inclusive o racismo estrutural. “Estamos no século 21 e precisamos abrir as portas dessa casa de leis para enfrentarmos o tema. A alma de uma pessoa e seu caráter não tem cor”, declarou categórico o parlamentar.

Por fim, Soldado Alcivan ressaltou que não viu maldade nas palavras do vereador Marcos Duarte, ‘mas talvez desconhecimento de sua parte do que seja o racismo estrutural’.

Por essa razão, devemos entender para combater. E a nossa casa de leis deve zelar pela dignidade humana sobretudo. E primar pelo combate de todo racismo e preconceito pois somos todos iguais”, arrematou na nota.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.