Inclusão

Vereador Gideon Soares recebe professora da UFNT e garante apoio a projeto de educação inclusiva

Coordenadora do projeto busca apoio municipal para implementar as ações.

Por Conteúdo AF Notícias
Comentários (0)

23/02/2024 16h00 - Atualizado há 1 mês
Prof. Dra.Antônia Márcia Duarte Queiroz, e a Profa. NPp Lia Paula Monteiro

Notícias do Tocantins - O vereador de Araguaína, Gideon Soares, recebeu em seu gabinete a coordenadora do Projeto Visibilidade e Melhores Práticas na Formação Inclusiva, da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT),  a Professora, Dra. Antônia Márcia Duarte Queiroz e a Neuropsicopedagoga, Professora Lia Paulo Monteiro. O encontro teve o objetivo de buscar apoio do parlamentar e parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) para o projeto de inclusão.

O projeto visa disseminar o direito de todos à educação e, em especial, das pessoas com deficiência, com a finalidade de garantir acesso, participação, permanência e aprendizagem. Segundo a professora Márcia Duarte, o projeto cria um espaço de diálogo entre os sujeitos da educação básica e ensino superior, visando debater os problemas e buscar soluções no âmbito da educação inclusiva.

Durante as ações que vamos desenvolver ao longo do projeto, iremos discutir sobre as leis que regem a educação inclusiva, causa de encaminhamento para serviços especializados da infância e adolescência. O vereador Gideon Soares nos recebeu prontamente as solicitações e se disponibilizou a buscar os meios juntos ao Poder Executivo para implementar as ações necessárias do projeto, causa essa que o vereador muito apoia”.

O parlamentar se dispôs a apoiar o projeto, tendo em vista a necessidade de sensibilização sobre o tema, tanto na educação quanto na sociedade em geral. “A doutora Márcia Duarte trouxe um assunto que precisa ser discutido e colocado em prática. Essa reunião serviu para que conhecêssemos o projeto que está sendo desenvolvido, mas que precisa do apoio e parceria municipal, da Câmara e de toda a sociedade em geral para ser colocado em prática”, destacou Gideon Soares.

A Neuropsicopedagoga, Professora do Projeto, Lia Paula, afirmou que a inclusão é um exercício diário de civilidade e os mecanismos que levam à inclusão de fato, infelizmente ainda são insuficientes em nosso meio. "Nós  precisamos promover políticas públicas inclusivas porque a inclusão não é somente um ato legislativo, inclusão é um ato de cidadania e de respeito à diversidade da pessoa humana".

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.