Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Polêmica

'Batalha das fotos' tem novo capítulo com indireta de Elenil para 'xerife de araque'; racha à vista

O grupo do prefeito Dimas vive um clima tenso recentemente.

Por Arnaldo Filho 2.001
Comentários (0)

18/03/2020 15h01 - Atualizado há 2 semanas
Elenil respondeu à provocação com uma indireta

O deputado estadual Elenil da Penha (MDB) deu seguimento à "batalha das fotos" que azedou o clima de vez no grupo do prefeito Ronaldo Dimas (Podemos). O parlamentar participou de um evento na Câmara Municipal de Araguaína, na segunda-feira (16), onde deu as alfinetadas. 

O deputado, de forma indireta, cutucou o mais novo filiado ao partido de Dimas, o suplente de deputado estadual Delegado Rérisson: “Hoje até postar foto está proibido. Porque aqueles, muitas vezes, que são ‘xerifes de araque’ buscam tentar se sobressair, agredindo sem nenhum embasamento e, muitas vezes, nem moral tem para isso”. 

Metaforicamente, o deputado comparou o cargo de delegado aos antigos xerifes dos filmes de “velho oeste”, que resolviam tudo ao seu tempo e ao seu modo, sem ouvir as partes, sem esperar pela justiça e nem tampouco por quaisquer negociações ou articulações.

Ao complementar com a expressão “de araque”, Elenil quis desconstruir a figura de paladino, uma vez que no jargão popular, ‘araque’ significa “pessoa ou coisa falsa, que apenas possui a aparência, de respeito, conhecimento etc.”

Certos palanques são piores que coronavírus

O deputado Elenil da Penha se referia ao comentário feito em uma rede social pelo Delegado Rérisson. No post no Facebook, o jornalista Stoff Vieira Costa, questionou o fato de o prefeito Dimas ter menosprezado seus aliados, numa referência a dois dos pré-candidatos do grupo do Paço [Elenil e Marcus Marcelo], que se deixaram fotografar em reunião com o pré-candidato a prefeito pela oposição, o deputado estadual Jorge Frederico (MDB).

“Com a devida vênia, tem palanque que é pior que o coronavírus. Melhor ficar bem longe”, comparou Rérisson, para logo depois, continuar: “Minha vida foi pautada por combater o crime, não me aliar a eles. O que certos políticos têm feito neste Estado, se o Brasil fosse um país sério, falariam da política em lugar próprio a eles”.

Caminhando para o racha

A série de agressões gratuitas vociferadas, tanto pelo ex-deputado estadual Raimundo Palito, quanto pelo suplente de deputado Delegado Rérisson, aos próprios aliados, podem transformar esses companheiros em ferrenhos adversários, naturalmente, sem sombra de dúvidas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.