Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Bastidores

Deputados rejeitam candidatos de seus próprios partidos nas Eleições 2020 no Tocantins

Há pelos menos dois exemplos em Porto Nacional e Araguaína.

Por Arnaldo Filho 1.111
Comentários (0)

15/09/2020 14h19 - Atualizado há 1 semana
Deputados não seguem seus próprios partidos nas eleições municipais do Tocantins

Os interesses pessoais sempre prevaleceram sobre os partidários ou comuns. Em época de convenções partidárias, no entanto, isto fica ainda mais explícito. Dois exemplos, protagonizados por deputados estaduais tocantinenses, demonstram que os princípios da fidelidade partidária estão em baixa. 

O deputado Valdemar Junior (MDB), presidente metropolitano da sigla em Palmas, tem perambulado por vários municípios, participando de convenções partidárias e "politicando". Surpreendentemente, no entanto, em Porto Nacional - sua cidade natal - enquanto o atual prefeito, Joaquim Maia (MDB) é candidato à reeleição, o deputado emedebista declarou apoio ao candidato Otoniel Andrade (PTB), ex-prefeito da cidade e irmão do presidente da Assembleia Legislativa, Antonio Andrade (PTB). 

Em 2016, grande coalização por Maia visava derrotar exatamente Otoniel

O mais interessante é que na eleição de Maia, ainda em 2016, o maior entusiasta da candidatura do atual prefeito foi justamente Valdemar Junior.

Na época, Valdemar convenceu os colegas parlamentares Ricardo Ayres (PSB) e Paulo Mourão (PT) que, naquele momento, Maia era o melhor nome para enfrentar Otoniel Andrade, que concorria à reeleição. Assim, todos se uniram para eleger Joaquim Maia, na época filiado ao PV.

Já em 2020, mesmo Maia tendo saído do PV para se filiar ao MDB de Valdemar Junior, o parlamentar optou por apoiar, justamente, o ex-adversário de 2016. Vai entender...! 

Luana Ribeiro jogando no mesmo time do colega Valdemar Junior

Caso semelhante é da deputada estadual Luana Ribeiro (PSDB). Em que pese o PSDB - capitaneado em Araguaína pelo deputado estadual Olyntho Neto - ter anunciado candidatura própria na cidade, do ex-vereador Batista Capixaba, a deputada tucana declarou apoio ao candidato Wagner Rodrigues (SD), apoiado pelo atual prefeito Ronaldo Dimas (Podemos). 

Luana é parceira antiga do prefeito Dimas e resolveu não "embarcar" na candidatura de Capixaba. O mesmo deve ocorrer em Palmas. Há uma "intriga velada" -  resultantes de demandas judiciais - entre Luana e a atual prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), viúva do pai da parlamentar, o ex-senador João Ribeiro. 

Não será surpresa, portanto, se Luana Ribeiro repetir a dose e declarar apoio a outro candidato a prefeito, naturalmente adversário da sua própria sigla.

A reflexão é que partidos políticos no Brasil não cultivam quaisquer ideologias. Assim, como reflexo disso, seus membros não respeitam ou não fazem questão das alianças locais e rumam em linhas divergentes. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.