Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Preso há 2 meses

Júnior Miranda, irmão de ex-governador, fica livre do princípio de rebelião na CPP de Palmas

Vários pedidos de liberdade já foram negados na justiça de primeiro grau, TRF1 e STJ.

Por Arnaldo Filho 1.918
Comentários (0)

26/11/2019 18h35 - Atualizado há 1 mês
Júnior Miranda está preso desde o dia 26 de setembro

O detento José Edmar Brito Miranda Júnior, irmão do ex-governador Marcelo Miranda (MDB), não está no pavilhão onde ocorreu um princípio de rebelião na Casa de Prisão Provisória de Palmas, nesta terça-feira (26). A informação foi confirmada pela Seciju – secretaria responsável pela administração das unidades prisionais.

O motim foi no Pavilhão B e terminou com oito agentes feridos, um detento morto e outro ferido. Os presos atacaram os agentes durante um procedimento de averiguação. 

Júnior Miranda, Marcelo Miranda e Brito Miranda [pai] foram presos no dia 26 de setembro suspeitos de comandar um esquema que supostamente desviou R$ 300 milhões dos cofres públicos. Apenas o pai conseguiu deixar a cadeia, após pagar uma fiança de 200 salários mínimos.

Marcelo Miranda está numa cela especial no Quartel do Comando Geral da PM em Palmas.

Segundo a Justiça Federal, Júnior Miranda e o pai funcionavam como pontos de sustentação para "um esquema orgânico para a prática de atos de corrupção, fraudes em licitações, desvios de recursos, recebimento de vantagens indevidas, falsificação de documentos e lavagem de capitais, cujo desiderato [finalidade] era a acumulação criminosa de riquezas para o núcleo familiar como um todo."

Vários pedidos de liberdade já foram negados na justiça de primeiro grau, TRF1 e STJ.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.