Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Palácio Araguaia

Máquinas: Carlesse diz que seguirá trabalho, independentemente de provocações políticas

O governador não se manifestou sobre a denúncia da senadora Kátia Abreu.

Por Arnaldo Filho
Comentários (0)

29/06/2020 17h58 - Atualizado há 2 semanas
Governador recebe máquinas compradas com recursos federais

O governador Mauro Carlesse (MDB) afirmou que seguirá seu trabalho à frente do Governo do Estado sem dar ouvidos aos "pormenores das provocações políticas" feitas por adversários.

O recado, a quem interessar possa, foi dado nesta segunda-feira (29) durante a solenidade de entrega simbólica de 220 máquinas pesadas e equipamentos que serão repassados aos municípios do Tocantins, com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e do senador e líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB).

Carlesse disse que as máquinas serão destinadas aos 139 municípios e servirão para impulsionar obras de recuperação e construção de estradas, além de várias outras que podem melhorar a qualidade de vida da população. Ele também agradeceu aos parlamentares da bancada federal pela destinação dos recursos, mais de R$ 60 milhões.

"Esses equipamentos vão dar apoio ao setor produtivo, incentivando o desenvolvimento regional sustentável e auxílio às prefeituras na manutenção das cidades. A entrega também reforça o caráter municipalista da gestão que estamos empreendendo à frente do Tocantins. Nosso diálogo tem sido constante tanto com a população quanto com os gestores municipais, que são os seus representantes. Nosso trabalho seguirá, independentemente de pormenores de provocações políticas", declarou o governador em tom de resposta à denúncia feita pela senadora Kátia Abreu (PP).

DENÚNCIA

Horas antes do início da solenidade, a coordenadora da bancada federal, senadora Kátia Abreu (PP), informou à imprensa que havia protocolado um ofício ao Procurador-Geral da República, Augusto Aras, solicitando ao Ministério Público Federal a investigação do Governo do Tocantins por possíveis irregularidades na distribuição das máquinas.

A senadora afirmar ter convicção de que existe um "componente eleitoreiro" na escolha dos beneficiados, já que 80 municípios receberão duas máquinas enquanto os demais apenas uma. A denúncia questiona os critérios adotados pelo Governo. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.