Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Eleições 2022

Marcelo Miranda diz que nada o impede de ser candidato: 'não tenho uma condenação'

'Estou com todas as certidões negativas', disse ex-governador.

Por Arnaldo Filho 2.185
Comentários (0)

30/08/2021 16h29 - Atualizado há 1 mês
Ex-governador Marcelo Miranda (MDB)

Depois de percorrer 30 municípios na região do Bico do Papagaio, durante a semana passada, o ex-governador Marcelo Miranda (MDB) encerrou sua agenda de reuniões em Araguaína durante um café da manhã com profissionais da imprensa e lideranças políticas na residência do ex-vereador Ferreirinha, na manhã de sábado (28/8).

Miranda afirmou que pretende andar pelos 139 municípios do Tocantins na condição de presidente regional do MDB para fortalecer as bases partidárias, ouvir os anseios das lideranças e discutir projetos de Estado para as eleições de 2022.

No bate-papo com a imprensa, Marcelo Miranda foi questionado sobre suas pretensões políticas para o próximo ano, mas não revelou em momento algum se pretende disputar o Palácio Araguaia ou Senado Federal. Por outro lado, os emedebistas já defendem abertamente sua pré-candidatura a governador, cargo que já ocupou três vezes.

“Estamos percorrendo o Estado para discutir sobre o fortalecimento da nossa sigla partidária, para formatar o MDB Jovem, Mulher”, disse Miranda.

Na ocasião, o anfitrião da reunião em Araguaína, o ex-vereador Ferreirinha, colocou seu nome à disposição como pré-candidato a deputado estadual pelo MDB.

ELEGÍVEL

Mesmo sem admitir eventual candidatura em 2022, o ex-governador afirmou categoricamente que nada o impede atualmente de ser candidato a qualquer cargo eletivo, referindo-se à questão jurídica. “Tanto é que sou presidente do MDB. Se eu tivesse alguma certidão positiva [com restrições] eu não poderia presidir o meu partido. Portanto, eu estou com todas as certidões negativas, eu não tenho uma condenação, graças a Deus”, afirmou Miranda.

NOVA OU VELHA POLÍTICA?

Miranda afirmou também que não se considera da ‘velha política’. “Quem fala na velha política eu acredito que não conhece a realidade do nosso estado, do Brasil, e não está preparado para discutir uma política voltada para os interesses nacionais e também dos estados. Eu não me considero da velha política. O Siqueira também não pode ser considerado, porque o Tocantins é novo, jovem! O Brito Miranda também não pode”, respondeu.

Veja entrevista completa ao Programa Comunidade, com o apresentador Divino Bethânia Júnior.

Vídeo

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.