Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Em Araguaína

Na obra do HGA, Carlesse alfineta: 'tem alguns deputados federais da região que não ajudam'

A primeira etapa da obra deve ser concluída no prazo de um ano e meio.

Por Arnaldo Filho 1.367
Comentários (0)

21/05/2021 10h28 - Atualizado há 1 ano
Carlesse promete entregar primeira etapa do HGA em 18 meses

Enquanto vistoriava o andamento das obras do tão sonhado Hospital Geral de Araguaína (HGA), na quarta-feira (19), o governador Mauro Carlesse (PSL) afirmou que a bancada federal do estado tem a obrigação de alocar seus recursos para obras importantes, mas alguns não ajudam.

“Sinto que tem alguns deputados federais, inclusive da região [de Araguaína], que não nos ajudam, infelizmente, mas estamos aqui para mostrar que somos maiores do que isso”, disparou Carlesse ao ser questionado sobre o apoio da bancada para a construção do HGA.

Apesar de não citar nomes, a indireta só pode ter dois destinatários: o deputado federal Tiago Dimas (SD), atual líder da bancada federal no Congresso Nacional, e o deputado Célio Moura (PT), que são os únicos parlamentares federais de Araguaína e região. O relacionamento político entre Dimas e o governador não tem sido nada amistoso.

Ainda na entrevista à imprensa, Carlesse acrescentou que a bancada tocantinense precisa lutar [também] pelo Governo Federal por estar ajudando o Tocantins.

“Continuo falando que estou com a bancada toda, porque é uma responsabilidade deles também e não só do governador. Digo mais, a responsabilidade da bancada não é só com o governo do estado, mas com o governo federal também. Eles têm que lutar para o governo federal porque tem nos ajudado. Tenho que falar o nome do Jair Bolsonaro, pois é o nosso presidente da República. Independente de adversário e de ideologia política, a bancada tem a obrigação de colocar seus recursos principalmente para uma obra igual a essa”, arrematou Carlesse.

A primeira etapa do HGA deve ser entregue no prazo de um ano e meio, garantiu o governador.

O Hospital Geral de Araguaína (HGA) terá 400 leitos hospitalares, divididos entre leitos para clínica médica, de cirurgia,  de ortopedia, de psiquiatria, de obstetrícia, de pediatria, leitos para especialidades diversas, além leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e leitos de Unidade de Cuidado Intermediário. E ainda contará com Pronto-Socorro, oncologia, setor de diálise, laboratórios e área administrativa. O orçamento inicial previsto para a obras é de R$ 160 milhões.

Governador com sua comitiva nas obras do HGA

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.