Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Palmas

Neris denuncia gasto de R$ 53 mil com lanches no 'Gabinete da Coxinha' em plena pandemia

'Isso equivale a R$ 1.200,00 por dia gastos em coxinha', disse o vereador.

Por Arnaldo Filho 706
Comentários (0)

30/04/2020 16h56 - Atualizado há 2 meses
"Isso é caso de polícia", dispara Milton Neris

Os vereadores de Palmas aprovaram a Medida Provisória milionária da Covid-19, mas criticaram a recusa do secretário da Saúde, Daniel Borini, em comparecer à Câmara para detalhar os gastos com o enfrentamento da pandemia. A MP libera crédito de R$ 26,3 milhões para a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) gastar no combate à doença. 

Para esquentar ainda mais o clima, a líder da prefeita na Câmara, Laudecy Coimbra (SD), sugeriu aos parlamentares que acessassem o Portal da Transparência.

"A Câmara quer saber os gastos até agora, ver os processos, analisar preços, item por item. Ou ele vem de forma diplomática ou será por meio de convocação, obrigado mesmo a vir", disparou o vereador Milton Neris, apoiado por Moisemar Marinho (PDT), Erivelton Santos (PV), Tiago Adrino (PSB) e Gerson Alves (PSL).

Até o vereador Filipe Martins (PSDB), aliado da prefeita, disparou: “secretário tem que atender, nosso papel é fiscalizar”.

SÓ 3.200 CESTAS

Os vereadores também questionaram o motivo de até agora a Prefeitura de Palmas ter entregue somente 3.200 cestas básicas, considerando que são cerca de 80 mil famílias em situação de vulnerabilidade que aguardam o benefício.

Para Neris, esse percentual entregue representa apenas 1% da população da Capital. “Eu teria vergonha de propagandear isso. O Centro de Referência da Mulher Flor de Lis, que atende mulheres vulneráveis, ali na Avenida Palmas Brasil, recebeu só seis cestas básicas”, apontou.

COXINHAS

Milton Neris voltou a questionar os R$ 53 mil gastos com lanches, segundo ele, esse é referente somente ao gabinete da prefeita. “Isso equivale a R$ 1.200,00 por dia gastos em coxinha, pão de queijo e refrigerante em 44 dias de plena pandemia no Gabinete da Coxinha. Somado à questão da cestas básicas, isso é caso de polícia e de Ministério Público Estadual (MPE)”, denunciou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.