Arnaldo Filho

Blog AF

redacao@afnoticias.com.br

Bastidores

Política municipalista de Carlesse começa a esfriar na relação com prefeitos e aliados

Nem os compromissos de campanha estariam sendo honrados.

Por Arnaldo Filho 3.802
Comentários (0)

14/01/2019 12h16 - Atualizado há 3 meses
Governador Mauro Carlesse (PHS)

Já é perceptível o distanciamento do governo de Mauro Carlesse com os prefeitos e aliados políticos que o apoiaram nas três eleições disputadas no ano passado sob o lema do municipalismo.

A posse do governador deu um claro sinal de que o municipalismo perdeu força e começa a se desintegrar: pouquíssimos prefeitos compareceram à solenidade, ausência sentida inclusive dos gestores das principais cidades.

Além disso, comenta-se nos bastidores que a reforma administrativa iniciada por Carlesse está apenas aumentando esse distanciamento, já que poucos líderes (deputados) têm muitos privilégios e cargos para indicar, enquanto a maioria não tem praticamente nada. Nem os compromissos de campanha estariam sendo honrados.

Outro sinal do enfraquecimento do municipalismo é o atraso nos repasses aos municípios. A primeira transferência de recursos desse ano foi feita com duas semanas de atraso e prejudicou muitos prefeitos que, por isso, também atrasaram o pagamento de servidores. Há também débitos de 2018.

“Esperávamos iniciar o ano dentro da normalidade, mas com o Estado deixando de repassar os recursos fica impossível”, disse um prefeito.

O novo Governo também estaria pecando na falta de diálogo. Líderes já reclamam da blindagem do governador e da falta de habilidade política de alguns secretários. Porém, por outro lado, há deputado que estaria praticamente morando dentro do Palácio Araguaia, tamanho o espaço na gestão.  

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.