Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Bastidores

'Relação com a Assembleia era difícil, truculenta, queria mandar', diz deputado sobre Carlesse

Boato da existência de um 'mensalinho' deixou deputados chateados.

Por Arnaldo Filho 1.913
Comentários (0)

26/11/2021 16h14 - Atualizado há 2 meses
Carlesse está afastado do cargo há quase 40 dias

Os deputados estaduais já começaram a demostrar o descontentamento que havia em relação ao tratamento dado pela gestão do governador afastado Mauro Carlesse (PSL).

"A relação com a Assembleia era difícil, truculenta. Ele [Carlesse] era afável, mas a equipe dele, não! Queria mandar nos deputados", revelou um parlamentar.

O deputado ressaltou que estão surgindo muitos boatos, a exemplo da informação de que Carlesse pagaria uma espécie de 'mensalinho' aos deputados estaduais alinhados com o Palácio Araguaia e que teria notas promissórias assinadas por alguns parlamentares. Esse boato, inclusive, deixou alguns deputados chatiadíssimos com o governador afastado.

"Pode delatar o que quiser, mas tem que provar. Eu não duvido que tenha tido [o mensalinho], agora o que eu duvido é que ele consiga provar. Mas se tiver prova contra quem quer que seja, vai dar problema", disse o deputado ao reconhecer a gravidade das acusações e garantir que não participou de nenhum esquema do tipo.

Além disso, qualquer prova de um eventual 'mensalinho' incrimina tanto os deputados quanto o próprio Carlesse. Já para o ex-chefe de Gabinete Sebastião Albuquerque, todos esses boatos não passam de uma invenção dos opositores de Carlesse.

O deputado afirmou ainda que a próxima semana vai ser 'quente' e a Assembleia não pode se intimidar. "A Assembleia vai ter que agir. Vamos descobrir quem tem coragem e quem é frouxo", finalizou.

Carlesse está afastado do cargo por suspeitas de corrupção desde o dia 20 de outubro, ou seja, há quase 40 dias, mas a Assembleia Legislativa permanece no mais absoluto silêncio até agora.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.