Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Câmara dos Deputados

Só 1 deputado do Tocantins vota contra duplicação de pena para corruptos na pandemia

Com esse projeto de lei, o gestor corrupto pode pegar até 24 anos de prisão.

Por Arnaldo Filho 7.666
Comentários (0)

01/09/2020 15h06 - Atualizado há 2 meses
Deputado Célio Moura foi o único do Tocantins a votar contra

Pelo placar de 421 a 64, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na tarde desta terça-feira (1º), o projeto de lei 1485/2020, que duplica as penas por corrupção e crimes contra a administração pública quando estes forem praticados por ocasião de calamidade pública como a pandemia do novo coronavírus.

Do Tocantins, apenas o deputado federal Célio Moura (PT) votou "não", ou seja, contra o projeto. Para ele, aumento de pena não reduz a criminalidade. Os outros sete deputados federais foram favoráveis.

O principal objetivo é punir gestores corruptos que desviaram recursos públicos destinados ao combate à covid-19. O PL tramita na Câmara dos Deputados desde 2 de abril e, caso seja aprovado no Senado e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, valerá para os crimes cometidos após a sua publicação no Diário Oficial da União. A autora é a deputada federal Adriana Ventura (Novo-SP), com coautoria de mais de uma dezena de outros deputados.

Atualmente, o funcionário público que solicita ou recebe vantagem indevida, ou tão somente aceita a promessa de tal vantagem, está sujeito a pena que varia de 2 a 12 anos e multa. Com esse projeto de lei, o gestor corrupto pode pegar até 24 anos de prisão.

A mesma parlamentar autora do PL propôs aumentar a pena para fraudes cometidas no período da pandemia, como as relacionadas ao auxílio emergencial. Esse projeto ainda será votado.

O QUE DIZ O DEPUTADO CÉLIO MOURA

Questionado sobre as razões do voto, Célio Moura explicou que as bancadas do PT, PCdoB e PSOL votaram contra em razão de já haver dispositivos que ampliam a pena por desvio de verbas destinadas ao combate à Covid-19. Além disso, segundo o deputado, não é com o aumento da pena que vamos diminuir a criminalidade.

"O Brasil é o segundo país do mundo em número de presidiários", acrescentou. "O PT não tem nenhum prefeito e é adversário do governador. Cadeia nos prefeitos e governadores ladrões do dinheiro do coronavírus", finalizou Célio Moura.

Veja como votou cada deputado do Tocantins.

Deputados federais do Tocantins

VEJA TAMBÉM

+ Aumentar pena não reduz criminalidade, diz Célio Moura sobre duplicar punição de corruptos

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.