Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Palmas

Tiago Andrino pode ser obrigado a abandonar sobrenome 'Amastha'; MPE ajuíza ação

O caso ainda será analisado pela Justiça Eleitoral.

Por Arnaldo Filho 1.818
Comentários (0)

03/10/2020 15h55 - Atualizado há 1 mês
O candidato adotou o nome de "Tiago Amastha Andrino"

O Ministério Público Eleitoral (MPE) ajuizou uma ação de impugnação do registro de candidatura contra o vereador e candidato a prefeito de Palmas, Tiago Andrino (PSB). A ação é assinada pela promotora Maria Cristina da Costa Vilela, da 29ª Zona Eleitoral.

"O postulante a candidato requereu a utilização do nome ‘Thiago Amastha Andrino’, como uma forma de associar sua imagem diante do público eleitoral ao ex-prefeito ‘Carlos Enrique Franco Amastha’, aproveitando-se das qualidades positivas que entende possa este último possuir como gestor público e assim amealhar simpatizantes deste para o grupo de seu eleitorado e apoiadores", argumenta o pedido do MPE.

Conforme a Promotora Eleitoral, Tiago Adrino passou a adotar o sobrenome 'Amastha' somente nas últimas duas semanas anteriores ao seu registro de candidatura e não existe justificação plausível para a mesma.

"Não há evidências de que o requerido Tiago Andrino fosse conhecido há um bom tempo pelo nome que pretende utilizar nesse pleito de 2020", diz a ação.

O candidato pode utilizar um apelido, mas deve ser um nome público e notório, ser de uso em sua vida política, social ou profissional. Contudo, no caso de Tiago Andrino, o MPE argumenta que ele nunca fora conhecido no meio político pelo sobrenome 'Amastha'.

“O nome de urna não pode surgir do nada. Trata-se de uma questão realmente séria, o nome de urna será o signo pelo qual o candidato será representado, não pode ser levianamente escolhido”, argumenta a promotora.

O MPE pede o deferimento de liminar para a supressão do sobrenome Amastha do nome de urna de Tiago Andrino, candidato a prefeito de Palmas pela Coligação "A Retomada, Pra Uma Palmas Melhor de Novo".

O caso ainda será analisado pela Justiça Eleitoral.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.