Direto ao Ponto

Arnaldo Filho

redacao@afnoticias.com.br

Descontentamento

Vereadores têm sentimento de desprestígio no governo Wanderlei Barbosa, avalia Uvet

Segundo entidade, recentes nomeações prestigiam apenas os deputados.

Por Arnaldo Filho 1.177
Comentários (0)

09/02/2022 13h48 - Atualizado há 6 meses
Vereador Terciliano Gomes é presidente da UVET

Desprestígio. Esse é o sentimento da maior classe política do estado em relação ao governo de Wanderlei Barbosa por falta de espaço na gestão estadual. São mais de 1,3 mil vereadores espalhados pelos 139 municípios do Tocantins.

A avaliação é do presidente da União dos Vereadores do Estado do Tocantins (Uvet), Terciliano Gomes, ao ser procurado para comentar a nomeação dos vereadores de Araguaína Flávio Cabanhas (PTB) e Fraudneis Fiomare (PSC) para o comando da nova Secretaria de Estado dos Esportes e Juventude.

“Não vejo como uma ação que esteja contemplando diretamente os vereadores, mas tão somente como um ato de prestigiar os deputados estaduais. Não é um sentimento classista. Os vereadores foram nomeados não por indicação da própria classe, mas pelos deputados”, avaliou o presidente da Uvet.

Cabanhas foi indicado ao cargo de secretário pelo deputado Jorge Frederico (MDB) e Fraudineis, por Elenil da Penha (MDB) -- o presidente da Comissão Especial de Impeachment contra o governador afastado Mauro Carlesse (PSL).

“O sentimento dos vereadores é que não estão tendo prestígio no governo, uma vez que vários ex-prefeitos e ex-deputados estão ocupando cargos no primeiro escalão. Porém, os vereadores não foram sequer convidados”, manifestou Terciliano.

Esse é o caso, por exemplo, do ex-prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, que é o secretário de Infraestrutura, Cidades e Habitação, e o ex-prefeito de Palmeirópolis, Fábio Vaz, o titular da Educação.

Segundo Terciliano, a UVET nunca foi chamada para sentar à mesa com o governo e discutir alguma indicação.

“Os colegas que foram nomeados como secretários são pessoas que têm o meu respeito e vejo com preparo. Contudo, estão sendo prestigiados os deputados. O governo não está com o olhar voltado para os vereadores diretamente. Os vereadores não foram consultados, não é indicação dos vereadores, mas tão somente dos deputados”, finalizou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.