Arnaldo Filho

Direto ao Ponto

redacao@afnoticias.com.br

Deputado federal

Vicentinho Júnior é alvo de queixa-crime no Supremo Tribunal Federal; ministra expede intimação

Na queixa, o advogado de Carlesse diz que Vicentinho fez declarações inverídicas e ofensivas.

Por Arnaldo Filho 2.554
Comentários (0)

05/09/2019 09h03 - Atualizado há 2 meses
Deputado federal Vicentinho Júnior (PL-TO)

O deputado federal do Tocantins Vicentinho Júnior (PL) é alvo de uma queixa-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) por supostas ofensas pessoais contra o governador Mauro Carlesse em vídeo publicado nas redes sociais.

A queixa-crime está sob a relatoria da ministra Rosa Weber, que já mandou intimar o deputado para apresentar resposta no prazo de 15 dias. O documento foi publicado no Diário Oficial do STF na terça-feira (3), sob o nº 8.318 (1528).

“Trata-se de queixa-crime apresentada por Mauro Carlesse, Governador do Estado de Tocantins, contra o Deputado Federal Vicente Alves de Oliveira Junior via da qual se lhe imputa a prática dos crimes de calúnia e difamação (artigos 138, 139 c/c artigo 141, II e III, do Código Penal)”, diz o resumo da ministra.

Na queixa, o advogado de Carlesse, Juvenal Klayber, diz que Vicentinho fez declarações inverídicas e ofensivas à honra do governador, com o propósito de denegrir sua imagem. Afirma que os jornais locais repercutiram o vídeo e que o mesmo circula no aplicativo de comunicação Whatsapp. A divulgação teria ocorrido no dia 10 de julho de 2019.

No referido vídeo, Vicentinho tece duras críticas ao governador e diz que ele “instituiu-se no Tocantins uma corrupção velada, porém maldosa, que corrompe e faz com que tocantinenses tenham a vida ceifada por simples falta de medicamentos, mas não faltam R$ 30 milhões a serem desviados por empresas ligadas a um superintendente que sequer foi exonerado do seu governo”.

No dia 27 de agosto, Vicentinho voltou a atacar, dessa vez na tribuna da Câmara dos Deputados, afirmando que Carlesse “é dono de laranjal”. “Fugiu de São Paulo para vir ao Tocantins adquirir terras, fruto da máfia do combustível adulterado. Aliás, seu apelido lá é vinagreiro, aquele cidadão que faz lá as adulterações de combustível”, afirmou o parlamentar.

Na ocasião, Vicentinho até desafiou Carlesse para um duelo físico, porrada na linguagem popular. “Me mande WhatsApp. Marque local, hora e dia, e tenha coragem de me chamar de vagabundo, corrupto e covarde para você saber o peso da minha mão na sua lata, cabra-safado!”, disparou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.