Araguanã

Acusado de estuprar criança de 11 anos ameaça mãe da vítima com facão para retirar queixa

O delegado explicou que não existe essa possibilidade de retirar a 'queixa'.

Por Márcia Costa 2.022
Comentários (0)

12/09/2019 19h20 - Atualizado há 11 meses

Um homem de 31 acusado de estuprar uma menina de 11 anos em Araguanã, norte do Estado, foi autuado pela Polícia Civil pelo crime de coação no curso de processo.

O suspeito foi preso pela Polícia Militar após ir na casa da mãe da vítima com um facão para fazer ameaças e exigir a retirada da queixa contra ele. O acusado estava com outro comparsa que fugiu antes da chegada dos policiais.

Segundo o delegado José Antônio da Silva Gomes, nos casos de crime contra a dignidade sexual cometido contra menor de idade não há como retirar ou se retratar da 'queixa'.

"Uma vez que a ação é pública e incondicionada, ou seja, as investigações são realizadas de ofício, independente da vontade de qualquer das partes. Qualquer ato intimidatório contra as partes, ou às autoridades que investigam, configura o crime de coação no curso de processo ou inquérito, em que a vítima passa a ser a própria Administração da Justiça", disse.

O crime do estupro ocorreu dia 24 de agosto deste ano.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.