Wanderlândia

Ao prender comerciante por estupro de vulnerável, polícia flagra filho com arma de fogo

Os abusos teriam ocorrido dentro do próprio estabelecimento comercial.

Por Redação 1.697
Comentários (0)

13/04/2022 16h43 - Atualizado há 2 anos
Momento da prisão do homem invesigado por estupro de vulnerável

A Policia Civil cumpriu um mandado de prisão contra um comerciante de 66 anos investigado por estupro de vulnerável na cidade de Wanderlândia, norte do estado. A operação aconteceu na manhã desta quarta-feira (13/4).

De acordo com as investigações preliminares da Polícia Civil em relação ao crime de estupro, os abusos teriam ocorrido dentro do próprio estabelecimento comercial do autor. No momento da prisão, o filho do idoso estava de posse de uma arma de fabricação artesanal e acabou sendo preso, mas pagou fiança e vai responder ao processo em liberdade.

O comerciante preso por estupro foi conduzido à sede da 30ª DP para os procedimentos legais cabíveis e, em seguida, recolhido à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

A ação policial contou com apoio de agentes da 27ª Delegacia de Polícia Civil de Araguaína. 

Arma de fogo encontrada em poder do filho do suspeito

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.