Homicídio

Após seis anos, DHPP desvenda morte de jovem e indicia dois irmãos pelo crime em Araguaína

Crime ocorreu em outubro de 2017, no Setor Couto Magalhães.

Por Redação 702
Comentários (0)

04/10/2023 08h30 - Atualizado há 6 meses
Depois de seis anos, assassinato de jovem em Araguaína foi elucidado.

Dois irmãos foram indiciados pela Polícia Civil pela morte do jovem Bruno Alves Matos, em Araguaína. O homicídio foi praticado no ano de 2017, no Setor Couto Magalhães. 

Segundo o delegado Breno Eduardo Campos Alves, da 2ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP), no dia 09 de outubro 2017, o corpo de Bruno foi encontrado no interior de uma residência, com perfurações causadas por disparos de arma de fogo, tendo uma delas atingido a cabeça. 

As investigações da polícia revelaram que os irmãos marcaram um suposto encontro com a vítima e, já no local, ao avistarem Bruno, sacaram suas armas e atiraram contra a vítima, que não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no local.  

Motivação 

Durante o trabalho de investigação, a polícia apurou que os autores acreditavam que a vítima pertencia a uma facção criminosa contrária e arquitetaram o plano homicida.

Os dois irmãos responderão por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e por meio que impossibilitou a defesa da vítima. Eles já estão presos atualmente cumprindo pena por outros crimes hediondos. O caso foi enviado ao juízo criminal.

Ao comentar sobre o desfecho das investigações, o delegado Breno Eduardo ressaltou o empenho e a dedicação para solucionar um crime complexo e que demandou muito esforço da Polícia Civil. “Mesmo após seis anos passados do fato, a 2ª DHPP nunca parou com as investigações e por se tratar de crime complexo, foi preciso reunir esforços e toda a expertise investigativa para que os verdadeiros autores fossem identificados e que, agora, possam também responder por esse homicídio qualificado”, pontuou o delegado.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.