Vítima tinha 23 anos

Autor de feminicídio em Xambioá presta depoimento em delegacia, diz que era amante e é liberado

A vítima foi morta na própria residência com um golpe de faca no peito, em Xambioá.

Por Márcia Costa 5.493
Comentários (0)

10/02/2020 16h35 - Atualizado há 11 meses
Crime ocorreu em Xambioá

O autor do feminicídio contra a jovem Luzilene da Silva Santos, de 23 anos, compareceu à delegacia de Policial Civil na manhã desta segunda-feira (10), disse que era amante da vítima e, segundo o delegado que investiga o caso, ele confessou em partes o crime.

O homicídio ocorreu por volta das 6h da manhã deste domingo (9), em Xambioá, norte do estado. A jovem foi morta com uma facada no peito na própria residência e deixa cinco filhos menores, um deles com apenas um ano e meio.

O autor do crime tem 32 anos, prestou depoimento na Delegacia de Ananás e foi liberado por não estar mais em situação de flagrante. Ele deve responder ao processo em liberdade.

Conforme a Polícia Civil, o homem disse que Luzilene o convidou para morar com ela depois da prisão do seu companheiro, na quinta-feira (05), por descumprir uma medida protetiva.

No sábado, dia anterior ao crime, os dois receberam alguns amigos em casa, dentre eles um jovem de 24 anos, em quem Luzilene ficou interessada e teria sido correspondida.

À noite, segundo a Polícia Civil, Luzilene se deitou com o autor do crime, que estava bastante embriagado, em um dos quartos, mas passou para a cama do jovem de 24 anos durante a madrugada.

Logo no início da manhã de domingo, o autor procurou Luzilene e percebeu que ela havia se deitado na cama com outro, razão pela qual houve uma discussão e a jovem acabou sendo morta. O autor alega que foi um acidente. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.