Operação Catarse

Cabeleireiro e servidor do Detran de Araguaína são alvos de operação contra 'fantasmas'

Os dois suspeitos foram levados à sede da Deic, mas permaneceram em silêncio.

Por Redação 4.966
Comentários (0)

18/06/2019 08h13 - Atualizado há 1 mês
Mandado judicial foi cumprido no salão do cabeleireiro

A Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic Norte) cumpriu na manhã desta segunda-feira (17) mais dois mandados judiciais de busca e apreensão contra suspeitos de serem servidores fantasmas na extinta Secretaria Geral de Governo.

Desta vez, os alvos foram o cabeleireiro Franco Barbosa de Sousa, conhecido como Piçarra, e o servidor comissionado do Detran Luiz Alves Assunção Filho.

Conforme o delegado José Anchieta de Menezes, os mandados foram cumpridos numa residência no setor Noroeste e também em um estabelecimento comercial no centro da cidade.

No salão do cabeleireiro, a polícia disse que foram apreendidos documentos que comprovam a sua lotação na extinta secretaria, entre os meses de março e dezembro de 2018, tendo recebido mais de R$ 18 mil, sem a devida contraprestação de serviços públicos. Piçarra foi candidato a vereador de Araguaína nas eleições de 2016 pelo PTC.  

O segundo investigado, Luiz Alves Assunção Filho, teria sido contratado no mesmo período do ano de 2018, recebendo proventos na ordem de mais de R$ 28 mil, também sem a comprovação do exercício de suas funções públicas.

Em abril deste ano, ele foi nomeado como Assessor Comissionado III - CA-3, na Secretaria da Administração, mas está redistribuído para o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN).

Os dois suspeitos foram levados à sede da Deic, mas permaneceram em silêncio durante o interrogatório.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.