Luiz Rogério

Cadeirante é executado a tiros na frente da mãe após ter casa arrombada em Araguaína

Ele já foi preso em 2014 por porte ilegal de arma de fogo, segundo a família.

Por Márcia Costa 5.831
Comentários (0)

11/05/2020 10h01 - Atualizado há 2 meses
Cadeirante que foi morto

O cadeirante Luiz Rogério Orione da Silva, de 32 anos, foi morto a tiros dentro da própria casa no Setor Araguaína Sul I, em Araguaína, na noite deste domingo (10). O crime ocorreu na esquina da Rua Pau Brasil com a Avenida São Francisco.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que dois homens chegaram na casa em uma motocicleta, um deles desceu do veículo, arrombou a porta da residência com o pé e efetuou dois tiros contra a vítima, atingindo-a acima do peito e no ombro direito.

Luiz Rogério estava sentado na cadeira de rodas no momento do crime e sua mãe presenciou a execução.

A família do cadeirante informou que Luiz Rogério era usuário de drogas e foi preso em 2014 por porte ilegal de arma de fogo.

Os autores fugiram do local e ainda não foram localizados pela polícia. O corpo do cadeirante foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames periciais.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.