Latrocínio

Casal de idosos é executado com tiros e pancadas na cabeça em chácara de Palmas

O casal de idosos foi morto na sua propriedade na noite do último sábado na zona rural de Palmas

Por Nielcem Fernandes 2.586
Comentários (0)

13/05/2019 09h30 - Atualizado há 1 semana
O casal

A Polícia Civil suspeita que os idosos Clóvis José de Veras, 63 anos, e Maria de Lourdes da Silva Veras, 69, tenham sido vítimas de latrocínio. O casal foi encontrado morto no sábado (11) em sua propriedade na zona rural de Palmas.

Segundo a perícia, o crime teria acontecido por volta das 19h30, mas os corpos foram encontrados horas mais tarde em cômodos separados da residência. A caminhonete do casal, dinheiro e celulares foram levados.

A chácara do casal fica no assentamento Entre Rios, próximo ao Distrito de Buritirana, a cerca de 40 km de Palmas. Segundo o delegado titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Israel Andrade, o local é de difícil acesso.

A chácara realmente está um pouco longe da cidade e o modo com que se chega a ela só é possível por uma pessoa que tenha conhecimento do local e que eles estariam ali", afirmou.

Para o delegado que investiga o caso, o modo com que o casal foi morto causa indignação. “Eu pessoalmente fui ao local, visualizei a situação e posso dizer que o modo como eu encontrei as vítimas e o modo que o casal foi morto me causou certa indignação, repulsa”, disse.

O delegado afirmou também que todos os esforços estão sendo feitos para capturar os possíveis suspeitos e que a principal linha de investigação é a de latrocínio. 

“Nossa principal linha de investigação é o latrocínio, principalmente pelo fato da caminhonete ter sido levada. Entretanto, há várias conversas entre a população e vamos apurar todas as informações que chegarem até nós, mas a hipótese de latrocínio ganha força”, destacou.

Apesar de ninguém ter sido preso até o momento, o delegado afirmou em entrevista à TV Anhanguera que as investigações estão avançadas e já existe um suspeito.

“Ninguém foi preso até o momento, mas a identificação da autoria desse crime está bem avançada. Pode ser que não se confirme, mas nossa linha de investigação está bem avançada”, declarou.  

“Nossa investigação está principalmente em como os corpos foram encontrados. A senhora foi encontrada caída de bruços com sinais aparentes de três tiros e uma pancada na cabeça. O senhor parece que também foi pego de surpresa. Ele já estava sem roupas e com marcas de tiros e marca de ter sofrido uma pancada na cabeça. Não acreditamos que houve tortura e não há sinais de espancamento”, concluiu.

O enterro do casal, que era conhecido como seu Pernambuco e dona Estela, ocorreu na manhã desta segunda-feira (13) no Cemitério Jardim da Paz, em Palmas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.