Araguatins

Casal é preso após polícia desconfiar de intenso entra e sai de pessoas em residência

Homem tem 27 anos e a mulher, 37.

Por Redação 539
Comentários (0)

15/02/2022 15h26 - Atualizado há 4 meses
Produtos apreendidos

Um casal suspeito de atuar no tráfico de drogas foi preso em Araguatins, região do Bico do Papagaio, no início da tarde desta terça-feira (15). A ação foi deflagrada depois que os investigadores da Polícia Civil detectaram um grande fluxo de usuários entrando e saindo de uma residência no setor Nova Araguatins.

“Nossas equipes já monitoravam o local, devido a suspeitas de que pessoas estariam comercializando substâncias entorpecentes no imóvel e também pelo fato de que nossas equipes já haviam recebido denúncias de que a residência estaria sendo utilizada como ponto de venda de drogas”, disse o delegado Thyago Bustorff.

Desse modo, no final da manhã, os policiais civis e militares estavam nas imediações da casa, quando perceberam novamente uma grande movimentação de pessoas entrando e saindo da residência.

Com fundadas suspeitas de que o crime de tráfico de drogas estaria ocorrendo, os policiais foram até o imóvel e localizaram dezenas de porções de crack, maconha, insumos para embalar as drogas, bem como cerca de R$ 300 em espécie proveniente do comércio de substâncias entorpecentes.

Diante dos fatos, o homem de 27 anos e a mulher de 37 foram presos e encaminhados à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguatins, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. De lá, eles seguiram para o sistema prisional do estado.

Segundo o delegado Thyago Bustorff, a desarticulação de mais um ponto de venda de drogas traz mais paz e tranquilidade à população de Araguatins, uma vez que esse tipo de crime costuma gerar outros delitos, como furtos, roubos e até homicídios.

“A ação desta terça-feira foi muito exitosa, pois além das prisões e apreensões realizadas, também restaura a paz dos moradores, sobretudo, nas imediações do ponto de venda de drogas, já que os vizinhos estavam assustados com o grande fluxo de usuários que iam ao local dia e noite, o que gerava intranquilidade”, disse a autoridade policial.  

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.