Homicídio

Cliente que matou vendedor de carros a tiro no Tocantins é preso em Goiás no dia do aniversário

Crime teria sido cometido em razão de um desacordo comercial.

Por Redação 903
Comentários (0)

30/11/2023 15h46 - Atualizado há 2 meses
Homem preso

Um homem de 37 anos apontado como o principal suspeito da morte do vendedor de veículos Adão Alves da Mota, em Gurupi, no sul do Tocantins, foi preso em Rio Verde (GO), na manhã desta quinta-feira (30).

A vítima tinha 52 anos e foi alvejada por disparos de arma de fogo nas costas e rosto enquanto estava na região central de Gurupi, no dia 16 de outubro deste ano.

Adão trabalhava com compra e venda de veículos e havia combinado de mostrar uma caminhonete para um possível comprador.

O crime aconteceu ao lado da prefeitura da cidade, na Avenida Maranhão, esquina com a Rua 1, por volta das 10h. O suspeito do crime fugiu com o veículo da vítima, uma caminhonete preta.

De acordo com a Polícia Militar, a esposa de Adão informou que ele havia recebido uma ligação de uma pessoa que tinha interesse em comprar a caminhonete.

Motivação 

As investigações da Polícia Civil revelaram que o crime teria sido cometido em razão de um desacordo comercial entre o vendedor e o suspeito, que então decidiu matar Adão.

Preso no dia do aniversário

O homem foi capturado no dia em que completa 37 anos de idade. Na oportunidade, ele também foi autuado em flagrante por uso de documento falso.

Os policiais civis ainda deram cumprimento a outro mandado de prisão em razão de outro homicídio praticado por ele na cidade de São Valério do Tocantins. Em relação a esse caso, o homem cumpria pena em liberdade, mas deixou de observar as determinações judiciais e teve a prisão preventiva decretada. 

O preso foi encaminhado ao presídio de Rio Verde e aguarda ser recambiado para Gurupi.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF Notícias. Todos os direitos reservados.