Polêmica

Defensoria recorre à justiça para barrar demolição da Feirinha: 'ação é desproporcional'

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

27/06/2017 17h05 - Atualizado há 1 semana
A Defensoria Pública Estadual em Araguaína ajuizou, nesta terça-feira (27), Ação Civil Pública com pedido de tutela de urgência para embargar a demolição da Feirinha. O pedido visa obrigar o município a se abster de realizar qualquer ato de desobstrução ou demolição na área, bem como permitir a reintegração dos moradores e devolução dos bens aos proprietários, até que se promova o devido processo legal. Segundo a Defensoria, comerciantes da região relatam que foram acionados na madrugada pela Prefeitura Municipal para iniciar a ação de demolição de imóveis na localidade. A equipe da Defensoria Pública do Estado do Tocantins compareceu no local, verificou que vários proprietários detém títulos de domínio e bens, alguns perecíveis, que estavam expostos na via pública. A Defensoria argumenta que os moradores foram privados do direito de propriedade sem nenhuma ordem judicial. A juíza Milene de Carvalho Henrique já despachou no processo notificando o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Júnior Mazzola, para esclarecer os fatos no prazo de 3 horas, sendo que a notificação foi cumprida às 12h25. A Defensoria disse que reiterou a urgência do pedido de suspensão da operação, visto que o procedimento demolitório e de desocupação continua, conforme relatos. Para o defensor público Sandro Ferreira, a cautela se impõe para tutela do próprio patrimônio público, pois na medida em que a administração causar dano, deverá ressarcir. O defensor argumenta que ninguém pode ser destituído de seus bens sem o devido processo legal. Foram juntados no processo os títulos de domínio de vários imóveis dos moradores, os quais se encontram instalados há décadas e contam com títulos expedidos pelo próprio município. Para o defensor, a ação é desproporcional. “Não há qualquer prejuízo para o ente público em aguardar o devido processo legal. O município terá, a qualquer tempo, as mesmas condições para efetivar o que pretende, uma vez que prove a justeza do direito alegado. Após tantos anos, soa desproporcional, sacrificar o direito de propriedade, os direitos advindos das benfeitorias realizadas de boa-fé, mediante ação executiva estritamente administrativa”, destacou o Defensor Público. Debate público A Defensoria Pública disse que tomou ciência, pela imprensa, da existência de projeto de revitalização da localidade denominada Feirinha. Em 29 de maio de 2017, encaminhou expediente à Prefeitura de Araguaína em busca de informações sobre a situação. Conforme informações do Núcleo, nenhuma resposta foi encaminhada ou reunião foi proposta e nem oportunidade de diálogo foi aberta. “Onde estão as notificações prévias individualizadas? onde se encontram os motivos administrativos dos atos? quem é o responsável pelos danos causados? qual a razão da diligência ser praticada de maneira clandestina, sem a participação da Defensoria Pública, instituição notoriamente vocacionada para defender a população vulnerável?”, questiona Sandro Ferreira. Veja mais... http://afnoticias.com.br/dia-historico-comeca-mais-uma-etapa-de-construcao-da-nova-feirinha-apos-40-anos-de-abandono/

Comentários (0)

Mais Notícias

Região norte

Polícia Civil prende principal suspeito de matar idoso a facadas em Xambioá

O idoso foi morto no dia 21 de julho e o suspeito tinha fugido para a cidade de São Geraldo do Araguaia, no Pará.

Acidente fatal

Mulher morre em colisão entre motocicleta e carro no centro de Araguaína

O acidente ocorreu na esquina da Avenida Castelo Branco com a rua Rui Barbosa. A mulher morreu na hora.

Em Araguaína

Em vídeo, mulher desmente boato que viralizou nas redes sociais em Araguaína

Um áudio afirmava que a mulher simulava pedir esmola para dois homens armados assaltar os moradores.

Crime bárbaro

Acusado de matar homem e comer fígado assado é condenado a 12 anos em Palmas

O crime ocorreu em agosto de 2011, na Colônia de Pescadores do Setor Taquari, nas proximidades do Lago de Palmas.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.