Investigação

Delegado investiga morte de bebê em acidente de motos em Araguaína e laudo apontará culpado

O acidente ocorreu na madrugada de 25 de agosto no Setor Costa Esmeralda, em Araguaína.

Por Márcia Costa 1.527
Comentários (0)

12/09/2019 08h40 - Atualizado há 1 semana
Kemilly Maieley

O inquérito policial que investiga o acidente que resultou na morte de um motociclista e da pequena Kemilly Maieley Pereira da Silva, de apenas 3 meses de vida, deve ser concluído em 30 dias, segundo o delegado Luiz Gonzaga.

O delegado também disse que ainda é cedo para apontar o culpado, mas há a suspeita de que o pai do bebê estava embriagado, em alta velocidade e dirigindo na contramão. Se comprovado, ele poderá responder pelas duas mortes.

"O inquérito já foi instaurado para investigar o acidente e apenas com o laudo da perícia do local do acidente será possível saber quem foi o culpado. O laudo vai constar a causa determinante do acidente. Se foi o pai que estava na contramão e em alta velocidade, ele poderá responder pelo homicídio da filha e do outro condutor. Existe a suspeita de que o pai também estava embriagado e, se isso for confirmado, ele ainda poderá ser responsabilizado pelo crime de homicídio doloso, quando a pessoa assume o risco de matar", disse o delegado.

Os pais da criança ainda estão no hospital e ainda não foram ouvidos. “A maneira de transportar o bebê não é adequada, fora o risco que apresenta. Esse erro infelizmente ocasionou a morte da criança”, afirmou Luiz Gonzaga.

O acidente

O acidente ocorreu na madrugada de 25 de agosto no Setor Costa Esmeralda. Os pais de Kemilly estavam em uma motocicleta Biz que colidiu de frente com outra moto, onde estavam um homem de 46 anos e uma passageira de 44 anos.

O condutor de 46 anos morreu no local e os outros feridos foram encaminhados ao hospital. A pequena Kemilly Maieley morreu dias depois em decorrência de traumatismo craniano.

Bebê de 3 meses vítima de colisão entre motos morre no hospital com traumatismo craniano

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.