Crime em Pequizeiro

Dois jovens que arrombaram unidade de saúde e mataram paciente são presos pela Polícia Civil

Vítima estava internada após ser esfaqueada durante desentendimento com um amigo. 

Por Redação 1.095
Comentários (0)

12/04/2024 15h54 - Atualizado há 1 mês
Suspeitos presos

Notícias do Tocantins - Dois jovens de 22 e 23 anos suspeitos de terem invadido uma unidade de saúde e matado um paciente que recebia atendimento foram presos em uma Kitnet na cidade de Colinas do Tocantins na manhã desta sexta-feira (12).

O crime ocorreu no dia 08 de abril deste ano em Pequizeiro e vitimou Cleonardo Américo da Silva, de 29 anos.

A ação policial que resultou na prisão dos suspeitos foi deflagrada depois de as investigações da Polícia Civil revelarem que os dois estariam escondidos em Colinas. 

O crime 

De acordo com o delegado João Luís Jucá, os autores arrombaram a porta de uma Unidade de Saúde em Pequizeiro na madrugada e mataram o paciente Cleonardo a facadas. A vítima estava internada após ser esfaqueada durante um desentendimento com um amigo. 

Para o delegado João Luís, as prisões representam um grande avanço nas investigações, pois trata-se de um crime bárbaro que chocou toda a população da pacata cidade de Pequizeiro.

“Logo após os fatos, a Polícia Civil desencadeou uma minuciosa investigação no sentido de esclarecer todas as circunstâncias dos fatos, identificar e prender os autores, pois o crime teve enorme repercussão na cidade de Pequizeiro e causou uma sensação de insegurança devido à audácia dos autores em invadir uma Unidade Pública de Saúde e executar a vítima, que já recebia atendimento médico por conta de outra lesão que havia sofrido”, frisou. 

Já o delegado Marco Aurélio Barbosa Lima frisou que a integração das equipes da unidade policiais civis de Pequizeiro e Colinas foram primordiais para efetuar a captura dos suspeitos, a fim de que eles possam responder pelo bárbaro crime que praticaram.

“Por meio de um esforço conjunto e um eficiente trabalho de inteligência, a Polícia Civil do Tocantins mais uma vez dá uma respostas satisfatória à sociedade realizando as prisões desses dois homens que são os principais suspeitos de cometer um crime hediondo e que trouxe pânico à comunidade de Pequizeiro”, disse.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.