Investigação policial

Dois jovens são presos após aplicarem uma série de golpes em Araguaína, até no Bolsa Família

Investigação é conduzida pela Delegacia de Repressão a Roubos (DRR).

Por Redação 1.057
Comentários (0)

16/02/2024 10h43 - Atualizado há 2 meses
Prisão dos jovens pelos agentes.

Dois jovens, de 19 e 21 anos, foram presos nesta quinta-feira (15/02), em Araguaína, apontados como responsáveis por uma série de crimes de estelionato praticados na cidade.

A prisão ocorreu após cumprimento de mandados expedidos pela Justiça, após uma investigação da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) e da 3ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC).

As investigações começaram após uma das vítimas procurar a polícia e relatar que havia sofrido um golpe no qual os criminosos sacaram os valores do benefício dela do Bolsa Família. A mulher relatou que tinha o valor acumulado de quatro meses de benefício para receber, o que daria pouco mais de R$ 1 mil.

O delegado Fellipe Crivelaro explicou que os golpistas e a vítima se conheciam, e devido a essa proximidade, os jovens a convenceram a fornecer os dados para que um deles pudesse instalar um aplicativo no celular, alegando que isso facilitaria o acesso da mulher ao benefício. No entanto, com posse das informações, os golpistas foram até a agência da Caixa e realizaram o saque.

Quando a vítima descobriu o saque indevido, ela alterou a senha do aplicativo. Mas os criminosos não desistiram. Ligaram para a mulher se passando por funcionários da Caixa solicitando a nova senha, mas não obtiveram sucesso. Durante as investigações desse caso, descobrimos que a dupla já havia praticado outras modalidades de golpes na cidade”, explicou o delegado Fellipe.

Por meio de uma rede social, a dupla realizava anúncios de aluguéis de casas e venda de automóveis. Quando um interessado surgia, os golpistas alegavam alta procura e exigiam pagamentos adiantados para garantir a oferta. Após receberem os valores, os criminosos desapareciam e as vítimas não conseguiam mais contato com eles.

Os jovens presos foram encaminhados para a Unidade Regional Penal de Araguaína e tiveram os celulares apreendidos. Os aparelhos serão periciados para determinar a extensão da atividade criminosa da dupla.

Suspeito realizando saque.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.