Pavilhão B

Drone é abatido enquanto sobrevoava prisão em Palmas com celulares, chips e drogas

Todo o material será encaminhado à Polícia Civil.  

Por Redação
Comentários (0)

05/09/2020 09h45 - Atualizado há 1 mês
Drone abatido

Um drone que sobrevoava o Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas foi abatido pela equipe de plantonistas na tarde desta terça-feira (4). Os agentes de execução penal que faziam a segurança nas muralhas da unidade avistaram o equipamento sobrevoando o Pavilhão B. 

Com a queda do equipamento, imediatamente, os agentes de solo que atuavam no perímetro externo da unidade iniciaram as rondas na tentativa de identificar o operador do aparelho, que até o momento não foi encontrado.

O aparelho transportava 3 celulares, 3 chips, uma porção de maconha e uma porção de uma substância análoga a cocaína. Todo o material será encaminhado à Polícia Civil.  

O superintendente dos Sistemas Penitenciário e Prisional (Sispen/TO), Orleanes Sousa, ressaltou o a eficiência do trabalho dos agentes na frustração das tentativas de envio de ilícitos para dentro da unidade. “Estamos atentos e trabalhando ostensivamente e preventivamente no combate a qualquer ação contraditória a ordem do Sistema Penal do Tocantins”, concluiu.

O diretor da CPP de Palmas, Thiago Sabino, ressaltou o comprometimento da gestão da unidade com os alinhamentos judiciais que visam a ordem e a ressocialização. “O comprometimento da administração prossegue, assim como o empenho e o engajamento de cada agente de execução penal que labora na CPP da Capital. Continuaremos firmes no propósito mantendo a lei e a ordem, reforçando o compromisso com a segurança pública do Estado e com a sociedade”, complementou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.