Operação

Empresário suspeito de tráfico escondia drogas em fundo falso no piso da loja em Palmas

Ele e mais dois suspeitos foram presos durante operação da polícia.

Por Redação 721
Comentários (0)

05/09/2020 09h45 - Atualizado há 1 mês
Drogas e outros objetos apreendidos

A Polícia Civil prendeu três traficantes e apreendeu uma grande quantidade de entorpecentes durante a operação ‘Píxel’, deflagrada nesta sexta-feira (4), na região sul de Palmas.

De acordo com o delegado Enio Walcácer de Oliveira Filho, a operação foi dividida em duas etapas. Na parte da manhã, os policiais civis da Unidade Anti-Drogas prenderam um homem que vinha do Estado de Goiás com 651 comprimidos de ecstasy e um frasco de lança perfume.

Segundo apontaram as investigações, as drogas seriam distribuídas em Palmas e também no Estado do Pará.

Desdobramento

Como desdobramento da operação, os policiais civis identificaram e efetuaram as prisões de mais dois homens que receberiam e distribuiriam parte da droga na cidade de Palmas. Eles já eram investigados e estavam sendo monitorados pela polícia.

Na segunda etapa da operação, foi constatado que um dos dois homens escondia várias porções de cocaína, maconha e também comprimidos de ecstasy em um fundo falso no piso de seu estabelecimento comercial de venda de equipamentos para veículos na região sul de Palmas.

O outro suspeito transportava a droga em sua motocicleta, quando foi abordado pela equipe que fazia campana em frente ao estabelecimento comercial da primeira apreensão.

Na segunda etapa da operação, foram apreendidas 700 gramas de maconha, 200 gramas de cocaína e 23 comprimidos de ecstasy.

Gaeco e Denarc

Conforme o delegado Enio Walcácer de Oliveira Filho, a operação foi deflagrada após a análise de informações levantadas por meio de investigações realizadas pelas equipes da 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (1ª Denarc - Palmas) sobre o tráfico interestadual de drogas sintéticas.

Os suspeitos utilizavam uma rota proveniente do Estado de Goiás, que teria o Tocantins como via de distribuição e passagem.

Após trocas de informações com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), foi identificada a remessa de uma carga de drogas sintéticas feita por uma organização criminosa especializada neste tipo de narcótico. A atuação entre as instituições foi exitosa na prisão inicial de um suspeito de tráfico interestadual de drogas.

Os três homens presos foram recolhidos à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).

Operação ocorreu no sul de Palmas

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.