Debaixo do travesseiro

Explosão de celular causa queimaduras de 2º grau em estudante enquanto dormia

Por Redação AF
Comentários (0)

03/09/2017 20h12 - Atualizado há 1 mês
"Só não queimou meu rosto graças ao travesseiro". Esse foi o relato do estudante de medicina Frederico Luiz Quixabeira Camargo, de 22 anos, que sofreu queimaduras de segundo grau com a explosão do celular que estava debaixo do travesseiro enquanto ele dormia. O colchão também pegou fogo. A vítima teve queimaduras no braço e ombro. O acidente aconteceu na madrugada de sábado (02), em Palmas (TO). Frederico Luiz disse que dorme com o celular por causa do despertador. "Acordei como se fosse um pesadelo. Só vi o clarão e ouvi o barulho. Meus irmãos acharam que tivesse sido um tiro. Começou a pegar fogo no meu colchão e o celular ficou destruído tanto que a bateria afundou para dentro do colchão. Esse aparelho não foi feito para ficar explodindo assim", disse o estudante. O estudante foi encaminhado para um hospital particular. O médico que o atendeu ficou surpreso com o fato, já que não é comum acidentes envolvendo celulares. Para o médico, se a vítima tivesse tido ferimentos no rosto poderia perder até a visão. E se o acidente tivesse acontecido com alguém mais velha ou com problemas no coração, poderia ter sido pior. O Corpo de Bombeiros não orienta recarregar baterias próximo ao corpo.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.