Operação

Garota de programa que usava o tráfico para aumentar lucros da prostituição é presa

No total, quatro traficantes foram capturados após três meses de investigação.

Por Márcia Costa 2.423
Comentários (0)

16/05/2019 19h31 - Atualizado há 1 mês
Garota de programa presa


A Polícia Civil deflagrou a operação "Fournir" na manhã desta quinta-feira (16) e prendeu quatro traficantes em Paraíso do Tocantins. Uma das presas é garota de programa que combinava a prostituição com o tráfico de drogas.

As investigações tiveram início há três meses após a prisão de um homem com as iniciais D.S.P, que foi encontrado com 10 papelotes contendo cocaína. Posteriormente, os agentes descobriram que o suspeito era responsável por manter os quatro traficantes, todos presos na operação desta quinta-feira. 

Responsável pela operação, o delegado Eduardo Menezes, afirmou que a garota de programa se beneficiava duplamente. "Primeiro porque, em virtude da facilidade ofertada aos clientes, via seus rendimentos aumentarem com o crescimento na procura por seus programas. Por fim, adquiria o entorpecente de D.P.S. e o repassava a seus clientes com acréscimo de valores”, afirmou. 

Além de abastecer traficantes, D.S.P. era responsável por comercializar drogas através do 'Disk Drogas', segundo a polícia. Os 'clientes' acionavam os traficantes por telefone e a droga era entrega no endereço marcado. 

A garota de programa seria encaminhada à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) nesta sexta-feira (17). Os demais presos já estão na CPP de Paraíso. 

Outro suspeito preso
Outro suspeito preso

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.