Rio da Conceição

Grupo armado usava coletes e até algemas para controlar estrada no interior do Tocantins

Objetivo era assegurar êxito a terceiros que promovem a invasão de terras particulares.

Por Redação 1.290
Comentários (0)

06/05/2021 08h23 - Atualizado há 1 mês
Armas e outros materiais apreendidos

Três homens suspeitos de se passar por seguranças privados e que tentavam intimidar e restringir a passagem de moradores por uma estrada que dá acesso à entrada de uma fazenda na zona rural de Rio da Conceição (TO) foram presos na manhã desta quarta-feira (05).

As prisões acorreram durante operação policial deflagrada pela 101ª Delegacia de Polícia de Dianópolis, no sudeste do estado.

Comandada pelo delegado Lucas de Oliveira Rodrigues, a operação foi desencadeada depois que a equipe da unidade policial recebeu denúncias de que um grupo de homens armados estaria, supostamente, fazendo a segurança de uma fazenda, revistando veículos e moradores e, até mesmo, impedindo a passagem pelo local, na zona rural de Rio da Conceição.

Com base nas denúncias, os policiais foram até o local e flagraram quatro homens, três deles portando revólveres calibre 38, além de coletes balísticos, algemas, binóculos, instrumentos utilizados para iluminação noturna, entre outros equipamentos. 

Segundo a investigação, o grupo intimidava os moradores da região e controlava o fluxo de pessoas na localidade. O objetivo era assegurar êxito a terceiros que promovem a invasão de terras particulares e a permanência dessas pessoas no local.

Após serem detidos, os quatro homens foram conduzidos até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Dianópolis, onde três deles foram autuados em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Ele têm 41, 45 a 48 anos de idade.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.