Tocantins

Homem que matou comadre por paixão não correspondida é condenado a 21 anos no Tocantins

O crime ocorreu em agosto de 2015 no povoado de São Félix, em Praia Norte.

Por Redação 1.907
Comentários (0)

12/11/2019 15h34 - Atualizado há 3 semanas
Antônio Francisco

O lavrador Antônio Francisco Silva do Nascimento foi condenado a 21 anos de reclusão por homicídio qualificado durante julgamento nesta segunda-feira (11), em Augustinópolis, na região do Bico do Papagaio.

O crime ocorreu em agosto de 2015 no povoado de São Félix, em Praia Norte. Na ocasião, Antônio Francisco matou com cinco golpes de faca Beliza Nunes Mota, sua comadre e pessoa por quem ele se dizia apaixonado, sem ser, no entanto, correspondido.

Beliza Nunes era casada e quando soube do interesse de Antônio passou a tratá-lo com indiferença e recusar os cocos com que costumeiramente lhe presenteava, o que levou ele a praticar o crime.

A vítima foi atacada pelas costas. A acusação foi feita pelo Ministério Público do Tocantins (INSS).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.