Gurupi

Homem que matou namorada e jogou corpo debaixo de ponte pega 14 anos de prisão

O caso, ocorrido em 2020, chocou a população de Gurupi pela forma cruel utilizada.

Por Redação 1.026
Comentários (0)

10/06/2021 14h33 - Atualizado há 1 semana
Adriana Silva Sales de Souza

O jovem Mário Breno Rodrigues Lopes, 19 anos, acusado de matar a namorada Adriana Silva Sales de Souza, em fevereiro de 2020, na cidade de Gurupi, foi condenado a 14 anos de prisão em sessão do Tribunal do Júri realizada nesta quarta-feira (9). Adriana tinha apenas 20 anos.

A pena é resultado da prática de diversos crimes, como feminicídio, praticado com uso de asfixia; ocultação de cadáver e corrupção de menores. O Ministério Público do Tocantins foi representado pelo promotor de Justiça Rafael Pinto Alamy, titular da 4ª Promotoria de Justiça de Gurupi. 

O crime, ocorrido no dia 24 de fevereiro, chocou a população de Gurupi pela forma cruel utilizada por Mário Breno, que tinha relacionamento amoroso com a vítima.

De acordo com o MPTO, na noite do crime o homem foi até um local próximo à casa de Adriana e, de lá, enviou mensagem de texto para a vítima falando que queria conversar.

A mulher foi chamada para um caminhão e, ao entrar, foi agarrada no pescoço por um adolescente que estava na parte traseira da cabine. Depois o namorado dela teria se juntado ao menor e amarrado os pulsos e o pescoço da vítima com uma linha de nylon.

Conforme o MPTO, o acusado esfaqueou Adriana nos braços, mesmo já estando imobilizada. "Após os golpes, Mário Breno, com a ajuda do adolescente, passou a asfixiar a vítima utilizando-se das mãos e do cordão já enroscado no pescoço de Adriana, estrangulando-a até a morte".

Consumada a morte, eles jogaram o corpo de Adriana embaixo de uma ponte, às margens do Rio Gurupi, na zona rural da cidade. O local onde a vítima foi encontrada fica a aproximadamente oito quilômetros do centro da cidade, em uma estrada vicinal. 

Adriana era apaixonada por cavalgada e deixou uma filha de 2 anos.

As informações são da assessoria de comunicação do MPTO.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.