Infrator

Homem se recusa a usar máscara em Araguaína e acaba preso pela equipe de fiscalização

O infrator estava numa conveniência e não quis usar máscara.

Por Conteúdo AF Notícias 3.789
Comentários (0)

26/04/2021 10h35 - Atualizado há 8 meses
Conforme a polícia, homem estava sem máscara e não quis usá-la

As forças de segurança pública do Tocantins realizaram no sábado (24) mais fase da operação Tolerância Zero. Dezenas de policiais civis, militares e também Bombeiros Militares saíram às ruas e avenidas de várias cidades do Estado em apoio aos fiscais das Vigilâncias Sanitárias a fim de verificar o cumprimento do decreto n° 6.230 que torna mais rígida as medidas decretadas para conter o avanço da Covid-19.

A fiscalização percorreu várias ruas e avenidas nas cidades de Tocantinópolis, Gurupi, Porto Nacional, Combinado, Aurora e Araguaína.

As equipes orientaram dezenas de clientes, funcionários e também proprietários de bares, restaurantes, mercados e lojas de conveniência a respeito da importância e necessidade de se obedecer às regras sanitárias com o uso correto de máscaras, álcool em gel e, sobretudo, manter o distanciamento social para reduzir a proliferação da Covid-19.

PRISÕES

Durante a operação, um homem foi preso na cidade de Combinado por desacatar os servidores que faziam a fiscalização.

Já no município de Araguaína, um homem foi detido em uma loja de conveniência e encaminhado para a Central de Atendimento da Polícia Civil porque estava sem máscara e ainda se recusou a usá-la, item de segurança que é obrigatório por lei.

O delegado plantonista lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) contra o homem por infração ao artigo 268 do Código Penal.

A norma citada define como crime a conduta de "infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”. A pena varia de um mês a um ano de detenção, além de multa. 

Conforme a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a operação tolerância zero foi encerrada durante a madrugada deste domingo (25) com um saldo extremamente positivo de dezenas de estabelecimentos vistoriados e centenas de pessoas devidamente orientadas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.