Crime na internet

Internauta vende dinheiro falso e cartões clonados no grupo 'Gambira Araguaína'

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

30/12/2016 14h32 - Atualizado há 2 meses
Márcia Costa//AF Notícias Nos grupos de vendas na internet costumamos encontrar ofertas de carros, smartphones, móveis e eletrodomésticos, mas as redes sociais também está sendo usada pelos criminosos que não se intimidam e aproveitam para aumentar o lucro do crime. Um internauta tem oferecido no grupo Gambira Araguaína-TO e Região cédulas falsas de dinheiro e cartões clonados. Na postagem, a venda dos produtos falsificados é oferecida por R$ 300. O homem ainda pede para que os interessados corram e aproveitem a oportunidade para que passem o fim de ano “numa boa”. As cédulas falsas à venda são de R$ 20, R$ 50 e R$ 100. O vendedor explica que são 100% idênticas às verdadeiras, podendo passar até pelos testes da caneta, alto relevo, e que contém a gota de água em todas as notas. Quem comprar ou repassar as notas pode ir para a cadeia, pois é crime não apenas fabricar o dinheiro falso, mas também repassá-lo. A falsificação de papel-moeda ou moeda tem pena de reclusão de três a doze anos, além de multa. Está prevista no artigo 289 do Código Penal. As cédulas têm elementos de segurança que certificam sua veracidade, e que estão disponíveis no endereço eletrônico do Banco Central do Brasil (aqui).

Comentários (0)

Mais Notícias

Aragominas

Jovem que degolou homem bêbado causava pânico no norte do Estado, diz polícia

A vítima foi assassinada na segunda-feira (12) após passar o final de semana ingerindo bebida alcoólica.

Prisão

Sedutoras, mulheres pediam carona para roubar caminhoneiros no norte do Estado

As mulheres já são conhecidas pela prática criminosa e usam todas as artimanhas.

Araguaína

Homem é preso duas vezes tentando furtar o mesmo supermercado em Araguaína

Dois comparsas também foram presos em flagrante dando cobertura para o furto.

Aragominas

Homem é preso suspeito de aterrorizar e tentar estuprar mulheres no meio da rua

O suspeito disse à polícia que 'galanteava' as mulheres só quando estava bêbado.

Ressocialização

Detentos aprendem a fazer blocos de concreto na própria prisão e reduzem pena

Os artefatos, inicialmente, serão utilizados na melhoria da estrutura da unidade.

Em 2017

Homem é preso suspeito de matar o avô da esposa a pauladas após discussão

O crime teria sido motivado em razão de supostos maus-tratos que a bisneta estaria sofrendo.

Barra da Grota

Seciju tenta identificar celular utilizado para filmar homenagem a bandido morto

O vídeo mostra vários supostos integrantes do PCC reunidos no Presídio Barra da Grota em homenagem ao criminoso.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.