Crime em 2019

Irmãos suspeitos de atirar em morador durante assalto são indiciados por latrocínio tentado

A vítima recebeu atendimento médico e sobreviveu.

Por Redação
Comentários (0)

22/02/2021 15h57 - Atualizado há 2 meses
Indiciamento foi feito pela Polícia Civil

Dois irmãos, de 18 e 20 anos, foram indiciados pelo crime de latrocínio tentado ocorrido em Araguaína no ano de 2019 após a Polícia Civil concluir as investigações sobre o caso nesta segunda-feira (22).

De acordo com o delegado Breno Eduardo Campos Alves, o crime ocorreu no dia 21 de janeiro de 2019, no Setor Parque Bom Viver, quando a vítima foi surpreendida em sua residência por uma dupla de assaltantes no período noturno.

Valendo-se de uma arma de fogo, os bandidos passaram a subtrair os bens do imóvel, mas a vítima entrou em luta corporal com um dos autores em um determinado momento.

Durante a luta, os criminosos efetuaram disparos contra o morador e fugiram do local. A vítima recebeu atendimento médico e sobreviveu ao atentado.

Logo após o fato, os policiais civis iniciaram os trabalhos investigativos e conseguiram identificar os dois autores do crime.  

Ainda durante a investigação, os policiais prenderam em flagrante o jovem de 20 anos por crime de posse irregular de arma de fogo, uma vez que ele estava com uma arma e munições.

Ao comentar o caso, o delegado Breno Alves ressaltou que “o crime de latrocínio é um dos crimes mais graves de nossa legislação penal, vez que, quando consumado, sua pena pode chegar ao máximo de 30 anos de prisão, e quando tentado, pode chegar a 20 anos de prisão”.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.