Arapoema

Jovem é condenado por matar suspeito de furtar celular com 12 golpes de facão no Tocantins

O crime ocorreu na madrugada de 16 de junho de 2018 nas proximidades de um bar.

Por Redação 975
Comentários (0)

25/09/2019 13h30 - Atualizado há 9 meses
Cidade de Arapoema

Sávio da Silva Medeiros, de 19 anos, com condenado a 17 anos de reclusão pelo assassinato de Janderson Gonçalves da Silva na tarde desta segunda-feira (23), em Arapoema (TO).

O crime ocorreu na madrugada de 16 de junho de 2018 nas proximidades de um bar localizado no setor Santa Rosa, no município de Arapoema, motivado por discussões sobre um suposto furto de aparelho de celular.

Segundo o promotor de justiça Caleb Melo, autor da denúncia, após discutir com Janderson, Sávio se afastou do local e retornou com um facão. Em seguida, ele desferiu 12 golpes contra a vítima.

Janderson ainda tentou fugir do local, mas foi atingido pelas costas até o momento em que não resistiu ao ataque e morreu no local do crime.

Além da condenação a 17 anos de prisão, Sávio Medeiros deverá pagar a quantia de R$ 50 mil aos familiares da vítima como reparação pelo dano causado.

O motivo para o cometimento do crime é banal, consistente numa acusação de furto de um aparelho celular, acusação esta direcionada a duas outras pessoas antes da acusação da vítima. As circunstâncias em que ocorrerem os fatos demonstram uma maior reprovabilidade, pois o denunciado atingiu a vítima com golpes pelas costas enquanto esta tentava se desvencilhar dos ataques, valendo-se, assim, de recurso que impossibilitou sua defesa”, comentou o promotor de justiça.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.