Palmas

Jovem morto a tiros em praia foi confundido com membro de facção, revela delegada

Segundo delegada, o crime ocorreu em meio a uma multidão de jovens.

Por Redação 796
Comentários (0)

21/07/2021 14h34 - Atualizado há 1 semana
Praia da Graciosa

Um jovem de 20 anos identificado como autor de um homicídio que ocorreu na Praia da Graciosa, em Palmas, no dia 14 de julho de 2019, foi preso temporariamente na manhã desta quarta-feira, 21 de julho. A vítima é outro jovem com a mesma idade. 

Conforme delegada responsável pelo caso, Luciana Coelho Midlej, as investigações apontaram que, no dia do crime, muitos jovens se reuniram na Praia da Graciosa para se divertirem ouvindo músicas e ingerindo bebidas alcoólicas.

Por volta das 5h30, o jovem foi confundido como integrante de uma facção criminosa e, por esse motivo, foi morto com quatro disparos de arma de fogo por um membro de uma facção rival.

Ainda segundo a delegada, o crime ocorreu no meio de uma multidão de jovens, o que dificultou a identificação do autor.

As investigações da Polícia Civil também apuraram que a motivação do crime foi banal, uma vez que o jovem morto não integrava facção criminosa e não possuía antecedentes criminais, não havendo nenhuma rivalidade entre ele e o autor dos disparos.

O suspeito, que já possui passagens pela polícia por atos infracionais de homicídio e tráfico de droga praticados quando era menor de idade, está recolhido na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.